Posts com a Tag ‘telemensagens São Paulo’

Caso Família Pesseghini -Dúvidas na investigação

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Caso Pesseghini  Agora, no jornal da Record (08/08/2013 – ás 08:40horas), mostrou-se o boletim de ocorrência, onde se destaca que o tiro fatal se localiza na lateral direita da têmpora de Marcelinho.  Mas não era na esquerda? Inclusive destacando que o garoto era canhoto?  Uma vizinha deixa claro que viu um policial pulando o muro 6 horas antes da notificação oficial da PM. Deixa-se claro também que tinha um Palio preto rondando o local. Durante meses havia pessoas na frente da casa dos Pesseghini passando informações sobre a cor do portão e horários. A própria câmera do Hamilton (jornal Cidade Alerta) foca um Palio Preto no local do crime. Há meses o casal estava sendo monitorado.  http://noticias.r7.com/cidade-alerta/comandante-hamilton/familia-de-policiais-militares-e-assassinada-em-sao-paulo/ (O carro preto). Porque culpar o garoto tão rapidamente se levarmos em consideração que a Cabo Andreia, mãe do menino denunciou um esquema policial de roubo a bancos, onde levou a prisão de 18 policiais.  O tio do garoto desmente tudo que a polícia apurou inclusive, falando ao Brasil Urgente, ontem, por volta das 16:50, ele fala “ ISSO FOI EXECUÇÃO PORQUE OS TRÊS ESTAVAM AJOELHADOS COM TIRO NA NUCA.” A frase no portão “ABUSO 157” onde, no código penal, significa roubo, porém, no VIOLÊNCIA CONTRA POLICIAL SIGNIFICA ABUSO CONTRA SUPERIOR. Isto é, contra o superior do policial. As denúncias correto? Não houve arrombamento das portas. Será que não houve? A cena esta montada e manipulada.  Se não houve arrombamento, levamos em consideração três hipóteses:  1-) A família conhecia o seu algoz e abriu a porta de livre e espontânea vontade. 2-) O algoz rendeu algum familiar e entrou. 3-) Como a casa tinha um portão, a porta frontal estava aberta. Num primeiro momento, falou-se em quatro projéteis, após a cobertura da imprensa, passou-se a falar em apenas um projétil, de ponto40.  O comandante da PM chegou ao local do crime antes mesmo da perícia. Isso já levanta dúvidas.  Desde o início eu disse que o menino foi mandado para a escola por uma questão de sobrevivência e proteção e, hoje o major da Policia, através do Lombard (repórter do Fala Brasil – Record) coloca essa tese.  Falou-se que a vizinha ouviu dois disparos e o barulho do carro saindo. Porém, dois disparos não matam quatro pessoas. O pai, o sargento Pesseghini, morreu 8 horas antes da mãe. A mãe estava em posição subjugada. Uma posição conhecida pelo caráter de execução.  Falou-se que o menino foi à escola. O tio do menino, via Cidade Alerta, esclarece que duas pessoas distintas o ligaram já na cena do crime, questionando a falta do Marcelinho na escola.  As roupas divergem das câmeras e do momento em que ele é encontrado morto. Se o menino tinha a intenção do suicídio porque trocar de roupa?  Levando em consideração que o menino tenha realmente ido á escola, tenho para mim que ele não gritou ou comunicou o fato por uma questão de sobrevivência e proteção aos familiares, afinal, o pai foi morto horas antes dos outros familiares. “Conte para alguém e eu mato o resto da sua família”.  CADÊ OS RESQUÍCIOS DE MASSA ENCEFÁLICA E SANGUE NAS MÃOS E NO GAROTO? Se ele estava de luvas como tinha cabelo da mãe nas mãos do menino? Será que, na hora em que ele chegou a casa, ele viu a mãe naquela situação e passou a mão na cabeça da mãe em sinal de tristeza e despedida? NÃO HAVIA SANGUE NAS PAREDES E NEM NO CHÃO.  Porque ainda não se fez a perícia do trajeto da bala? A cena foi contaminada, mexida e claramente manipulada.  O recuo de uma ponto 40 e tiros precisos... Isso não é possível. Um garoto dá tiros precisos numa arma pesada com um recuo forte, em seus familiares sem mostrar hesitação. Isso é, no mínimo, difícil.  A DOENÇA PULMONAR DO GAROTO NÃO INFLUÊNCIA EM NADA NO EQUILIBRIO EMOCIONAL E PSÍQUICO DO GAROTO.  Há a certeza da morte nesta doença? Sim, há. Porém toda e qualquer pessoa que possuí uma doença degenerativa crê em cura. A ciência descobre curas o tempo todo. Porque não poderá descobrir, talvez, no ano que vem a cura da doença dele?  Porque usar luvas (estas encontradas no dia seguinte do crime) se, você esta disposto a matar e fugir ou matar e se suicidar?  O depoimento do melhor amigo foi claramente instruído. Quer dizer que, um garoto fala pro outro, diversas vezes a intenção de matar os pais no meio da noite, fugir, morar numa casa abandonada e ser matador de aluguel e, o mesmo não comunica absolutamente nada para os pais? Não mostra seu medo? Não conversa sobre isso com ninguém? Não fala nada que possa alertar as possíveis vítimas? Um depoimento um tanto cabível a situação não acham? O garoto ficou 5 horas dentro do carro? Não fez nenhuma necessidade fisiologica?  Onde o carro esta estacionado não garante que não tinha outra pessoa dentro do carro. Se a pessoa estudou o bairro antes de cometer o crime e montar a cena (sim, a cena, os corpos e o carro estão estranhamente montados) ela viu as posições das cameras e, onde o carro estava estacionado não mostra se alguém deixou o garoto dentro do carro e saiu, abaixado, sem ser filmado. O garoto estudava naquela escola há anos. Como ele não saberia que lá havia uma câmera, que filma tudo?  Porque a escola não cede às filmagens internas para comprovar que o garoto realmente frequentou as aulas na segunda feira? Que escola particular hoje em dia não tem câmeras?  Porque não foi recolhida as impressões digitais do carro? Pela lógica so poderá ter três impressões digitais: da mãe, do filho e do pai. Cinco pessoas foram mortas. Isso é um garoto sozinho, subjugou quatro pessoas. Enquanto ele atirou em um, os outros ficaram esperando.  Ele atirou no pai (que foi o primeiro a morrer) e, 8 horas depois matou o resto da família. Que sonífero é esse que age por 8 horas? Isso não é um sonífero, é uma anestesia geral. E ainda sim, não age por 8 horas. Lembrando que, quando uma pessoa da um tiro na própria cabeça ou no próprio ouvido, a tendência clara é o corpo cair para o lado oposto, em torno de 35 cm a 50 cm da arma. Afinal o impulso do impacto do tiro faz a pessoa ir para o lado oposto do tiro. E não em cima da arma. E o corpo, em caso de suicidio, não estaria na posição em que foi encontrado.  Foi montado uma força-tarefa para investigar a morte do MC DaLeste, onde o homicídio aconteceu em público, no meio do show do citado e, ainda sim não acharam o assassino e, em menos de 24 horas, sem resultado da perícia, concluíram que foi o Marcelinho? Porque tão rápido assim? Qual o interesse em solucionar o caso tão rapidamente?  Porque não houve a perícia psicológica do Marcelinho? Porque há tanta incoerência de informação? Porque a cena do crime esta manipulada? Porque não houve a preservação correta da cena?  Porque não houve o recolhimento das digitais no carro e nas armas?  Cadê os projéteis primeiramente encontrados?  Porque as luvas já que a intenção era ou fugir ou se matar? Porque trocar de roupas?  Porque não colher resquícios de pólvora do volante do carro? CADÊ O CELULAR DO MARCELINHO?   Texto de Camila Abdo: camila.abdo@brasilenoticias.com.br   P.S. Quem for copiar essa reportagem, ao menos coloque quem o escreveu, ao invés de mentirem que foi o Telhada!

Caso Pesseghini

Agora, no jornal da Record (08/08/2013 – ás 08:40horas), mostrou-se o boletim de ocorrência, onde se destaca que o tiro fatal se localiza na lateral direita da têmpora de Marcelinho.
Mas não era na esquerda? Inclusive destacando que o garoto era canhoto?
Uma vizinha deixa claro que viu um policial pulando o muro 6 horas antes da notificação oficial da PM. Deixa-se claro também que tinha um Palio preto rondando o local. Durante meses havia pessoas na frente da casa dos Pesseghini passando informações sobre a cor do portão e horários. A própria câmera do Hamilton (jornal Cidade Alerta) foca um Palio Preto no local do crime. Há meses o casal estava sendo monitorado.
http://noticias.r7.com/cidade-alerta/comandante-hamilton/familia-de-policiais-militares-e-assassinada-em-sao-paulo/ (O carro preto).
Porque culpar o garoto tão rapidamente se levarmos em consideração que a Cabo Andreia, mãe do menino denunciou um esquema policial de roubo a bancos, onde levou a prisão de 18 policiais.
O tio do garoto desmente tudo que a polícia apurou inclusive, falando ao Brasil Urgente, ontem, por volta das 16:50, ele fala “ ISSO FOI EXECUÇÃO PORQUE OS TRÊS ESTAVAM AJOELHADOS COM TIRO NA NUCA.”
A frase no portão “ABUSO 157” onde, no código penal, significa roubo, porém, no VIOLÊNCIA CONTRA POLICIAL SIGNIFICA ABUSO CONTRA SUPERIOR. Isto é, contra o superior do policial. As denúncias correto?
Não houve arrombamento das portas. Será que não houve? A cena esta montada e manipulada.
Se não houve arrombamento, levamos em consideração três hipóteses:
1-) A família conhecia o seu algoz e abriu a porta de livre e espontânea vontade.
2-) O algoz rendeu algum familiar e entrou.
3-) Como a casa tinha um portão, a porta frontal estava aberta.
Num primeiro momento, falou-se em quatro projéteis, após a cobertura da imprensa, passou-se a falar em apenas um projétil, de ponto40.
O comandante da PM chegou ao local do crime antes mesmo da perícia. Isso já levanta dúvidas.
Desde o início eu disse que o menino foi mandado para a escola por uma questão de sobrevivência e proteção e, hoje o major da Policia, através do Lombard (repórter do Fala Brasil – Record) coloca essa tese.
Falou-se que a vizinha ouviu dois disparos e o barulho do carro saindo. Porém, dois disparos não matam quatro pessoas. O pai, o sargento Pesseghini, morreu 8 horas antes da mãe. A mãe estava em posição subjugada. Uma posição conhecida pelo caráter de execução.
Falou-se que o menino foi à escola. O tio do menino, via Cidade Alerta, esclarece que duas pessoas distintas o ligaram já na cena do crime, questionando a falta do Marcelinho na escola.
As roupas divergem das câmeras e do momento em que ele é encontrado morto. Se o menino tinha a intenção do suicídio porque trocar de roupa?
Levando em consideração que o menino tenha realmente ido á escola, tenho para mim que ele não gritou ou comunicou o fato por uma questão de sobrevivência e proteção aos familiares, afinal, o pai foi morto horas antes dos outros familiares. “Conte para alguém e eu mato o resto da sua família”.
CADÊ OS RESQUÍCIOS DE MASSA ENCEFÁLICA E SANGUE NAS MÃOS E NO GAROTO?
Se ele estava de luvas como tinha cabelo da mãe nas mãos do menino? Será que, na hora em que ele chegou a casa, ele viu a mãe naquela situação e passou a mão na cabeça da mãe em sinal de tristeza e despedida?
NÃO HAVIA SANGUE NAS PAREDES E NEM NO CHÃO.
Porque ainda não se fez a perícia do trajeto da bala?
A cena foi contaminada, mexida e claramente manipulada.
O recuo de uma ponto 40 e tiros precisos… Isso não é possível. Um garoto dá tiros precisos numa arma pesada com um recuo forte, em seus familiares sem mostrar hesitação. Isso é, no mínimo, difícil.
A DOENÇA PULMONAR DO GAROTO NÃO INFLUÊNCIA EM NADA NO EQUILIBRIO EMOCIONAL E PSÍQUICO DO GAROTO.
Há a certeza da morte nesta doença? Sim, há. Porém toda e qualquer pessoa que possuí uma doença degenerativa crê em cura. A ciência descobre curas o tempo todo. Porque não poderá descobrir, talvez, no ano que vem a cura da doença dele?
Porque usar luvas (estas encontradas no dia seguinte do crime) se, você esta disposto a matar e fugir ou matar e se suicidar?
O depoimento do melhor amigo foi claramente instruído. Quer dizer que, um garoto fala pro outro, diversas vezes a intenção de matar os pais no meio da noite, fugir, morar numa casa abandonada e ser matador de aluguel e, o mesmo não comunica absolutamente nada para os pais? Não mostra seu medo? Não conversa sobre isso com ninguém? Não fala nada que possa alertar as possíveis vítimas? Um depoimento um tanto cabível a situação não acham?
O garoto ficou 5 horas dentro do carro? Não fez nenhuma necessidade fisiologica?
Onde o carro esta estacionado não garante que não tinha outra pessoa dentro do carro. Se a pessoa estudou o bairro antes de cometer o crime e montar a cena (sim, a cena, os corpos e o carro estão estranhamente montados) ela viu as posições das cameras e, onde o carro estava estacionado não mostra se alguém deixou o garoto dentro do carro e saiu, abaixado, sem ser filmado.
O garoto estudava naquela escola há anos. Como ele não saberia que lá havia uma câmera, que filma tudo?
Porque a escola não cede às filmagens internas para comprovar que o garoto realmente frequentou as aulas na segunda feira? Que escola particular hoje em dia não tem câmeras?
Porque não foi recolhida as impressões digitais do carro? Pela lógica so poderá ter três impressões digitais: da mãe, do filho e do pai.
Cinco pessoas foram mortas. Isso é um garoto sozinho, subjugou quatro pessoas. Enquanto ele atirou em um, os outros ficaram esperando.
Ele atirou no pai (que foi o primeiro a morrer) e, 8 horas depois matou o resto da família. Que sonífero é esse que age por 8 horas? Isso não é um sonífero, é uma anestesia geral. E ainda sim, não age por 8 horas.
Lembrando que, quando uma pessoa da um tiro na própria cabeça ou no próprio ouvido, a tendência clara é o corpo cair para o lado oposto, em torno de 35 cm a 50 cm da arma. Afinal o impulso do impacto do tiro faz a pessoa ir para o lado oposto do tiro. E não em cima da arma. E o corpo, em caso de suicidio, não estaria na posição em que foi encontrado.
Foi montado uma força-tarefa para investigar a morte do MC DaLeste, onde o homicídio aconteceu em público, no meio do show do citado e, ainda sim não acharam o assassino e, em menos de 24 horas, sem resultado da perícia, concluíram que foi o Marcelinho? Porque tão rápido assim? Qual o interesse em solucionar o caso tão rapidamente?
Porque não houve a perícia psicológica do Marcelinho? Porque há tanta incoerência de informação?
Porque a cena do crime esta manipulada?
Porque não houve a preservação correta da cena?
Porque não houve o recolhimento das digitais no carro e nas armas?
Cadê os projéteis primeiramente encontrados?
Porque as luvas já que a intenção era ou fugir ou se matar?
Porque trocar de roupas?
Porque não colher resquícios de pólvora do volante do carro?
CADÊ O CELULAR DO MARCELINHO?

Fonte:
Texto de Camila Abdo: camila.abdo@brasilenoticias.com.br

P.S. Quem for copiar essa reportagem, ao menos coloque quem o escreveu, ao invés de mentirem que foi o Telhada!

Ranking de Reclamações no Procon 2013

domingo, 9 de junho de 2013

Importante sempre consultar e pesquisar antes de contratar serviços e adquirir produtos

Dados atualizados até: 09/06/2013 – 07:14:09

Ranking Geral de Atendimentos – PROCON-SP


Fonte: SINDEC



Acumulado do Ano Sessenta Dias
Acumulado do Ano: 2013
Empresa/Grupo Total Opções
1º - GRUPO VIVO/TELEFONICA 5151
2º - GRUPO ITAÚ UNIBANCO 3569
3º - GRUPO CLARO 3207
4º - GRUPO BRADESCO 2731
5º - TIM CELULAR S/A 2159
6º - GRUPO NET 2034
7º - GRUPO OI CELULAR 1784
8º - GRUPO SANTANDER 1435
9º - SKY BRASIL SERVIÇOS LTDA 1306
10º - ELETROPAULO METROPOLITANA ELETRICIDADE DE S PAULO 1283
11º - NOVA PONTOCOM COMÉRCIO ELETRÔNICO S/A 1005
12º - GRUPO CAIXA ECONÔMICA FEDERAL 865
13º - B2W COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO 843
14º - GRUPO BANCO DO BRASIL 818
15º - VIA VAREJO S/A 787
16º - SAMSUNG ELETRONICA DA AMAZONIA LTDA 723
17º - NEON DISTRIBUIDORA DE PRODUTOS ELETRONICOS LTDA 621
18º - MAGAZINE LUIZA S/A 591
19º - CIA DE SANEAMENTO BASICO DO ESTADO DE SAO PAULO 576
20º - MOTOROLA INDUSTRIAL LTDA 540
21º - GRUPO CARREFOUR 531
22º - RICARDO ELETRO DIVINÓPOLIS LTDA 494
23º - GRUPO AMIL 484
24º - NEXTEL TELECOMUNICACOES LTDA 466
25º - GRUPO MABE 440
26º - AKATUS MEIOS DE PAGAMENTO S/A 429
27º - ELECTROLUX DO BRASIL S/A 423
28º - GRUPO CITIBANK 411
29º - BV FINANCEIRA SA CREDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO 410
30º - LG ELECTRONICS DA AMAZONIA LTDA 397

pata atualizar sua pesquisa e ter acesso  as reclamações mais  frequentes  clique no link a seguir:   procon.sp.gov.br

Acumulado do Ano Sessenta Dias
Últimos Sessenta dias
Empresa/Grupo Total Opções
1º - GRUPO VIVO/TELEFONICA 1935
2º - GRUPO ITAÚ UNIBANCO 1364
3º - GRUPO CLARO 1165
4º - GRUPO BRADESCO 974
5º - GRUPO NET 738
6º - TIM CELULAR S/A 738
7º - GRUPO OI CELULAR 694
8º - GRUPO SANTANDER 549
9º - ELETROPAULO METROPOLITANA ELETRICIDADE DE S PAULO 494
10º - SKY BRASIL SERVIÇOS LTDA 452
11º - AKATUS MEIOS DE PAGAMENTO S/A 358
12º - VIA VAREJO S/A 351
13º - GRUPO CAIXA ECONÔMICA FEDERAL 332
14º - GRUPO BANCO DO BRASIL 320
15º - SAMSUNG ELETRONICA DA AMAZONIA LTDA 288
16º - NOVA PONTOCOM COMÉRCIO ELETRÔNICO S/A 272
17º - NEON DISTRIBUIDORA DE PRODUTOS ELETRONICOS LTDA 261
18º - MOTOROLA INDUSTRIAL LTDA 237
19º - CIA DE SANEAMENTO BASICO DO ESTADO DE SAO PAULO 217
20º - NEXTEL TELECOMUNICACOES LTDA 213
21º - GRUPO AMIL 190
22º - GRUPO CARREFOUR 190
23º - MAGAZINE LUIZA S/A 184
24º - B2W COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO 178
25º - GRUPO MABE 177
26º - PHILIPS DO BRASIL LTDA 176
27º - ELECTROLUX DO BRASIL S/A 169
28º - BV FINANCEIRA SA CREDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO 154
29º - GRUPO CITIBANK 153
30º - RICARDO ELETRO DIVINÓPOLIS LTDA 139

Tenda para evento do Bradesco desaba em Costa do Sauípe

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Quarta, 13 de Fevereiro de 2013 – 12:21

Estrutura de tenda desaba em Costa do Sauípe e acidente é considerado ‘grave’

por Cláudia Cardozo

Estrutura de tenda desaba em Costa do Sauípe e acidente é considerado 'grave'

Ainda não há informações sobre o número de vítimas | Foto: Reprodução
A montagem de uma estrutura de uma tenda para realização de um evento do Bradesco no complexo hoteleiro de Costa do Sauípe desabou na manhã desta quarta-feira (13). Uma empresa de São Paulo é responsável pela instalação da estrutura, que estava localizada no primeiro complexo. Até o momento, não foi informado o número de feridos ou mortos. Segundo informações do Correio, mais de dez operários trabalhavam na instalação. De acordo com o secretário de Saúde de Camaçari, Vital Sampaio, unidades da Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foram enviadas ao local para ajudar no resgate. O secretário afirma que recebeu a informação de que o acidente é de “grande proporção”. Ele informou que o complexo hoteleiro não faz parte de Camaçari, mas que o Município tem atuado de forma solidária no atendimento e já deixou as Unidades de Pronto Atendimentos (UPAs) acionadas para receber as vítimas, além de acionar os médicos e agentes de saúde para um possível deslocamento para os hospitais da região, como o Hospital Geral de Camaçari (HGC). Também já foi acionado o serviço de UTI aérea, junto com a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), para caso seja necessário transferir as vítimas para hospitais de Salvador e Lauro de Freitas. Contatada pelo Bahia Notícias, a diretoria Complexo Hoteleiro da Costa do Sauípe informou que o acidente ocorreu “em uma área destinada para a montagem de estruturas provisórias para eventos, afastada de seus hotéis”. Entre os feridos não haveria nenhum hóspede ou funcionário da Costa do Sauípe.
http://www.bahianoticias.com.br
Minha opinião pessoal!
Imaginem como seria então no Evento no dia 14/02/13 com aproximadamente 3500 pessoas.
Muita responsabilidade, é assim que se encaram eventos de grande concentração no Brasil.

Taxa de Inspeção Veicular em São Paulo

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Vamos acompanhar dentre as promessas e plano de Governo do Sr. Fernando Haddad do PT.

Agora eleito, está na hora de acompanharmos e cobrar.

uma da principais promessas:

Meio Ambiente
Uma das mais importante promessa é a extinção da taxa de inspeção veicular e a reavaliação do atual modelo de controle de poluição. O programa  para essa área tem destaque na ampliação da Coleta Seletiva de 1% para 10% do lixo produzido na cidade. Outra a é ampliar as unidades de Ecopontos de 56 para 140. Haddad disse ainda que vai articular com os governos estadual e federal a limpeza dos rios Tietê, Pinheiros e Tamanduateí e das represas localizadas
na cidade.

Parece que já foi adiada a extinção da Taxa, questão de contrato, de acordos e aquilo tudo que já sabemos. Promessas, dificuldades, dependências e o que mais acontece na esfera governamental.

Lula, O Filho do Brasil (filme)

sábado, 19 de dezembro de 2009

Lula, o Filho do Brasil é um filme inspirado na trajetória do atual presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva. Dirigido por Fábio Barreto, cineasta indicado ao Oscar por O Quatrilho, o filme está previsto para estrear em toda América do Sul no início de 2010 .

Produção

Baseado no livro homônimo escrito pela jornalista Denise Paraná, o filme narrará a história de Lula de seu nascimento até a morte de sua mãe, quando é um líder sindical de 35 anos detido pela polícia política da ditadura militar. O roteiro foi escrito por Paraná, Fábio Barreto e Daniel Tendler, enquanto o escritor Fernando Bonassi está aperfeiçoando-o .

O ator João Miguel, conhecido por seu papel em Cinema, Aspirinas e Urubus, foi convidado para interpretar Lula, mas teve de acabar recusando à proposta devido a problemas com sua agenda. Após a desistência de Tay Lopez por problemas de sáude, Barreto escolheu o ator Rui Ricardo Dias para interpretar Lula na fase adulta [3]. Até agora, os outros nomes confirmados no elenco principal são os de Glória e Cléo Pires [2] e Juliana Baroni [1], que devem interpretar a mãe, a primeira esposa de Lula e dona Marisa Letícia, respectivamente.

O filme foi produzido por Luiz Carlos Barreto e Paula Barreto, pai e irmã do diretor, e está previsto para ser o primeiro filme brasileiro a estrear simultaneamente em todo continente sul-americano. A previsão de estréia é para o início de 2010 [1]. O orçamento do filme é relativamente alto para os padrões do cinema brasileiro. Foram cerca de 18 milhões de reais que Barreto planejou obter sem subsídio municipal, estadual ou federal para evitar críticas [2]. O filme começou a ser rodado no final de janeiro de 2009 em Garanhuns, terra natal de Lula.

Contexto histórico

A trajetória de vida de Lula coincide com vários aspectos marcantes da história do Brasil, motivo pelo qual Paraná decidiu escrever o livro, que é sua tese de doutorado em História pela Universidade de São Paulo (USP). Durante sua pesquisa para o livro, Paraná entrevistou Lula e várias pessoas ligadas a ele. De acordo com ela, enquanto ouvia os depoimentos de Lula, pensava consigo mesmo se tratar de “um roteiro de filme mal escrito, porque tudo se encaixa”.

Dentre os fatos da trajetória de Lula e da história do Brasil que se encaixam, de acordo com Paraná, estão a morte da primeira esposa dele por erro médico no parto na mesma época em que o Brasil detinha um dos maiores índices mundiais de morte no parto, a migração da família de Lula no momento em que o Brasil presencia sua maior onda de migração interna e o alcoolismo que marca o pai de Lula no período de maior incidência deste vício no Nordeste.

Críticas ao filme

O lançamento do filme, previsto para janeiro de 2010, vem sendo alvo de críticas por parte da população, pelo fato de que 2010 será um ano eleitoral, e Lula estará tentando eleger um sucessor no exato período da exibição do filme. Ou seja, a data de lançamento do filme seria proposital, uma tentativa de ajudar na eleição da sucessora de Lula ao Governo. Dilma Roussef, provável candidata à sucessão de Lula, já admitiu que o filme pode influenciar no resultado das eleições.
A maior crítica, no entanto, é o fato do filme não retratar com fidelidade a vida e carreira de Lula. O filme elimina todos os seus defeitos e erros, tornando o protagonista um ser praticamente perfeito, exageradamente romantizado e heróico. Tal fato também teria objetivos eleitorais, segundo os críticos.

Outra suspeita acerca do filme, é o fato de que empresas que patrocinaram Lula, o Filho do Brasil, poderiam estar politicamente envolvidas com o Governo, tendo interesses econômicos como motivação para o patrocínio de uma obra que ajudaria a eleição da sucessora de Lula à presidência.

Patrocinadores

De acordo com a fonte: “Agência do estado”, este filme foi patrocinado por diversas empreiteiras, algo extremamente incomum no mercado brasileiro. Ao serem questionadas, as companhias que bancam o filme rejeitaram qualquer motivação política ao financiar o longa. Elas alegam interesse na obra em razão do retorno de imagem para suas marcas.

A agência também trata sobre a distribuição do filme:

“Embora a maior parte dos recursos para a produção do filme já tenha sido captada, para a distribuição serão necessários outros R$ 4 milhões, que ainda estão em negociação. Uma dessas negociações é com o presidente venezuelano Hugo Chávez, que foi procurado para financiar a distribuição do filme na Venezuela, Colômbia, Bolívia, Peru e Equador. “(A conversa sobre o assunto) está em banho-maria”, diz a produtora do longa, Paula Barreto.” .
O Presidente Barack Obama solicitou à produção do longa para que a pré-estreia internacional do filme seja realizada nos EUA, com sessão Première em Washington.

Elenco

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 Agência Folha. “Filme sobre a vida de Lula começa a ser rodado em Pernambuco”. Vermelho. 23 de janeiro de 2009. Visitado em 25 de janeiro de 2009.
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 2,4 2,5 ARANTES, Silvana. “Procura-se ator ‘com carisma’ para viver Lula”. Folha Online. 5 de outubro de 2008. Visitado em 28 de novembro de 2008.
  3. JARDIM, Lauro. “‘Lula’ renunciou”. Revista Veja. 10 de janeiro de 2009. Visitado em 14 de janeiro de 2009.
  4. 4,0 4,1 4,2 4,3 TOLEDO, Marcos. “Garanhuns vive clima de mistério com filmagens sobre Lula”. Vermelho. 24 de janeiro de 2009. Visitado em 25 de janeiro de 2009.
  5. História convincente ou arma poderosa?
  6. Dilma assume que filme pode influenciar na eleição de 2010
  7. Lula, o filho “perfeito” do Brasil?
  8. Suspeitas pairam sobre os patrocinadores do filme
  9. . Portal Globo.com</http://ego.globo.com/Gente/Noticias/0,,MUL1344772-9798,00-OBAMA+PEDIU+E+CINEBIOGRAFIA+DE+LULA+TERA+PREESTREIA+INTERNACIONAL+NOS+EUA.html>
  10. CAETANO, Maria do Rosário. “Lula, o filho do Brasil”. O Povo. 19 de fevereiro de 2009. Visitado em 23 de fevereiro de 2009.

fonte:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Lula,_o_Filho_do_Brasil_%28filme%29