Posts com a Tag ‘Rhea’

9 de Maio, Dia das Mães

segunda-feira, 26 de abril de 2010

A mais antiga celebração do Dia das Mães tem origem mitológica. Na Antiga Grécia, a entrada da primavera era festejada em honra a Rhea, esposa de Cronus e mãe de Zeus , considerada a Mãe dos Deuses.

Bem mais tarde, no início do século XVII, a Inglaterra começou a dedicar o quarto domingo da Quaresma às mães das operárias inglesas. Este dia ficou conhecido como o Mothering Sunday (Domingo das Mães). Nesse dia, as trabalhadoras tinham folga para ficar em casa com as mães e levavam o mothering cake, um bolo, de presente para elas.

Nos Estados Unidos, as primeiras sugestões em prol da criação de uma data para a celebração das mães foi dada, em 1872, por Júlia Ward Howe, autora da letra do hino do país. Seria, na concepção dela, um dia dedicado à paz. Mas foi outra americana, Ana Jarvis, da Filadelfia, que em 1907 iniciou a campanha para instituir o Dia das Mães. Ana perdeu sua mãe e entrou em grande depressão. Preocupadas com aquele sofrimento, algumas amigas tiveram a idéia de perpetuar a memória de sua mãe com uma festa. Ana quis que a homenagem fosse estendida a todas as mães, vivas ou mortas. Em pouco tempo a comemoração se alastrou por todo o país e, em 1914, sua data foi oficializada pelo presidente Woodrow Wilson: dia 9 de maio, o segundo domingo de maio.

O Brasil teve sua primeira comemoração promovida pela ACM (Associação Cristã de Moços), em Porto Alegre, em 12 de maio de 1918. A data passou a ser celebrada no segundo domingo de maio, conforme decreto assinado, em 1932, pelo presidente Getúlio Vargas. Em 1949, vários proprietários de lojas de São Paulo, lançaram uma grande campanha publicitária incentivando a compra de presentes para as mães e o hábito de presentear as mães ganhou impulso.

Fonte: Duarte, Marcelo – O Guia dos Curiosos. Cia da Letras, S.P., 1995.

Para Todas as Mães!

Do teu ventre sai o fruto do teu amor
Amor que protege e alimenta este ser
Mãe, porque te atiras no rio sem saber nadar
Para salvar seu filho?

Por que te angustias ao ver seu filho chorar?
Ao cair seu filho se apóia e ergue-se
Com o auxílio da tua mão.
Mão que acaricia e ensina os caminhos da vida.

Se tu repreendes seu filho é para que ele seja
Um homem melhor a cada dia
Com um futuro promissor
E retribuindo-te com amor e alegria.

(Poesia enviada por Daniel Miranda e  Francine Moura)

Fonte:  http://lproweb.procempa.com.br

Nesta data, envia para sua Mãe uma homenagem em forma de Telemensagem.

Ouça e escolha on line sua telemensagem

www.leetelemensagem.com.br