Posts com a Tag ‘ouvir telemensagem grátis’

CET de São Paulo – Que Vergonha!

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Cia de Engenharia de Tráfego pede doações aos contribuintes e Empresários.

Acredita nisso!

Cara de peroba lisa!

Além de ser a maior máquina de Multas de trânsito, desavergonhadamente estão pedindo doações para reequipar as suas instalações que estão em petição de miséria.

Não só são móveis velhos, ventiladores, ar condicionado, aparelhos de telefones e tudo mais que um escritório precisa.

Trata-se também do desleixo dos usuários.

Também peço a prefeitura de São Paulo e ao governo do estado que me doem utensílios para modernizar meu escritório e minha casa.

Afinal quem contribui para eles sucatearem e terem pessoas e equipamentos para multarem e ignorarem os problemas da cidade são Eles.

O CET arrecadou no último ano, acredite + de 800 milhões de reais. Não estão investindo bem nosso dinheiro. Semáforos antigos, ineficientes, veículos quebrados etc.

Controlar não permite acompanhamento

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Denúncia

Este é cercadinho que o proprietário tem que ficar esperando estranhos mexer no seu carro.

A empresa Controlar, contratada pela Prefeitura do Município de São Paulo destinada a avaliar o índice de poluição nos veículos cadastrados dentro da capital, exerce um comportamento diferente em cada unidade conforme depoimentos de vítimas deste sistema imposto sem consulta popular.

Aliás para taxas e tributos, quando é que a população é consultada?

Venho aqui reclamar de uma atitude que não concordo em hipótese alguma.

A Fila com hora marcada

Quando se aguarda a sua vez, numa fila com hora marcada, um funcionário leva o seu carro até a plataforma de avaliação.

Começa aí o erro! Quem deveria conduzir o veículo deveria ser o proprietário ou o condutor do mesmo.

Após posto lá na área de inspeção você é convidado a aguardar a uma certa distância.

Daí então começa um absurdo ainda maior.

O avaliador visual pede para acelerar o veículo, parado a uma rotação muitas vezes acima do recomendado para um motor que está sem tração. Já irrita ver seu carro na mão de um estranho acelerando como se fosse um KART de brinquedo.

Lá atrás do carro fica um sujeito especialista visual, acho que um elemento treinado com olhos precisos e com algum chip instalado que avalia o índice de fumaça e a quantidade de água que sai pelo escapamento.

Após a precisa e indiscutível avaliação por este fiscal da fumaça, aprova ou não, a seu critério.

Se ele disser que está com fumaça visível, você pergunta quanto acima do tolerável e qual o critério técnico e científico aplicado, uma vez que não há instrumento de avaliação aprovado pelo INMETRO, que deve sim colocar um selo de inspeção na testa do avaliador. Não tem conversa, ele reprova e você fica sem parâmetro ou informação necessária.

Alem disso temos que ouvir opiniões destes especialistas: Seu motor está fumando, leva pro mecânico de sua confiança.

Se aprovado, vem um outro especialista em imagens pelo olhar de águia sem selo do INMETRO, parece cão farejador procurando drogas embaixo de seu carro. E você fica ali no cercadinho como se estivesse sofrendo uma intervenção policial ou aguardando ansiosamente se vai ou não ser detido para averiguação mais criteriosa.

Ufa! não encontraram nada, agora um outro sujeito com os pés calibrados e especializado em acelerar acima da rotação desejada, que fica olhando para o painel e todo o interior do carro para ver o que tem lá dentro além das coisas corriqueiras, começa o ritual do pega defeitos.

Enquanto tudo isso acontece, eles agem como se fossem peritos policiais e como se o carro fosse do pai deles, aquele que vão para as baladas se aparecer com o patrimônio alheio. E você ainda no cercadinho, vendo estranhos mexerem no seu carro.

Considero um absurdo, este procedimento deveria ser acompanhado pelo proprietário do veículo.

Não concordo e nem acho respeitoso o proprietário ficar no cercadinho enquanto estranhos mechem em sua propriedade.  Afinal, pagamos para sermos insultados e desrespeitados, e ainda ficamos sujeitos a critério dos olhos de pessoas desconhecidas e um sistema que não oferece confiança ao contribuinte, uma vez que tudo é feito sem que você possa acompanhar o procedimento de perto.

Deveríamos todos exigir que permitam nosso acompanhamento.

Luiz Sergio

Emenda Constitucional 2012

terça-feira, 24 de abril de 2012

Recebi este e-mail para que seja divulgado.

Considerei procedente e interessante

MANIFESTO – EMENDA CONSTITUCIONAL 2012

Peço a cada destinatário para encaminhar este e-mail a um mínimo de vinte pessoas de sua lista de endereços e, por sua vez, pedir que cada um deles faça o mesmo.

Em três dias a maioria das pessoas no Brasil terá esta mensagem. Esta é uma idéia que realmente deve ser considerada e repassada para o Povo.

Lei de Reforma do Congresso de 2012 (emenda da Constituição do Brasil):

1. O congressista receberá salário somente durante o mandato. E não terá direito à aposentadoria diferenciada em decorrência do mandato.

2. O Congresso contribui para o INSS. Todo o fundo (passado, presente e futuro) atual no fundo de aposentadoria do Congresso passará para o
regime do INSS imediatamente. O Congressista participa dos benefícios dentro do regime do INSS exatamente como todos os outros brasileiros. O fundo de aposentadoria não pode ser usado para qualquer outra finalidade.

3. O congressista deve pagar para seu plano de aposentadoria, assim como todos os brasileiros.

4. O Congresso deixa de votar seu próprio aumento de salário, que será objeto de plebiscito.

5. O congressista perde seu seguro atual de saúde e participa do mesmo sistema de saúde como o povo brasileiro.

6. O congressista está sujeito às mesmas leis que o povo brasileiro.

7. Servir no Congresso é uma honra, não uma carreira. Parlamentares devem servir os seus termos (não mais de 2), depois ir para casa e procurar emprego. Ex-congressista não pode ser um lobista.

8. Todos os votos serão obrigatoriamente abertos, permitindo que os eleitores fiscalizem o real desempenho dos congressistas.

Se cada pessoa repassar esta mensagem para um mínimo de vinte pessoas, em três dias a maioria das pessoas no Brasil receberá esta mensagem.

A hora para esta emenda na Constituição é AGORA.

É ASSIM QUE VOCÊ PODE CONSERTAR O CONGRESSO. Se você concorda com o
exposto, REPASSE, se não, basta apagar.

Você é um dos meus + 20 . Por favor, mantenha esta mensagem CIRCULANDO!

Lei geral da Copa 2014

terça-feira, 3 de abril de 2012

Pronto, como desejava a FIFA, a permanência de bebidas alcoólicas foi aprovada pela Lei Geral da Copa, dentro dos estádios durante os jogos da Copa de 2014.

Se a população tiver consciência do uso de bebidas ou outras substâncias prejudiciais a conduta e ao equilíbrio moral, não precisa de leis.

O resultado estamos vendo todos os dias de jogos, com ou sem bebidas, fora ou dentro dos estádios, o comportamento violento de torcedores.

Não há lei ou fiscalização que possa coibir estes encontros marcados com antecedência para reinar a baderna e a violência.

Questão de educação, questão de valores morais e frouxidão do poder público.

Este período da Copa de 2014, será até que chegue a data uma incógnita.

Facilitar a entrada de turistas estrangeiros, as bebidas liberadas como uma festa reve. O que mais precisamos para instalar a liberdade dos que só querem baderna.

Que Deus olhe para este país!!!!!!

Aniversário de Rio Branco

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

28 de Dezembro

A mais populosa cidade do Acre (com mais da metade da população do Estado) foi fundada em 28 de dezembro de 1882 pelo cearense Neutel de Maia. A princípio o lugar recebeu o nome de Seringal Empresa e, em 1904, elevou-se à categoria de vila, ao tornar-se sede do departamento do Alto Acre.

Em 1909, seu nome foi mudado para Penapólis, em homenagem ao então presidente Afonso Pena, para zembroem 1912 receber definitivamente a denominação de Rio Branco, numa forma de homenagear o chanceler brasileiro Barão do Rio Branco.

Tornou-se município no ano de 1913 e em 1920, capital do território do Acre. Em 1962, é elevada à posição de capital do estado.

Cortada pelo rio Acre, que divide a cidade em duas partes – 1o e 2o distritos – Rio Branco é hoje o centro administrativo, econômico e cultural da região.

A cidade de Rio Branco completa nesta terça-feira, 28 de dezembro, 128 anos de fundação. A data será festejada com uma série de atividades desenvolvidas pela administração municipal. As ações realizadas buscam difundir os saberes e fazeres da cidade, despertando o sentimento de amor rio-branquense nos moradores.

Entre os eventos programados, consta a realização de corrida pedestre, GP de Ciclismo, catraiada, concurso de artes visuais, exposição histórica, entre outros. A programação se inicia às 7h30 e tem término programado para o início da noite.

“As comemorações do aniversário da capital acreana são focadas na história dessa cidade e deve ser contata contada por meio da música, pintura, exposição, esporte e lazer”, disse o prefeito Raimundo Angelim. “Participam das atividades diversas gerações que, embora diferentes entre si, são personagens dessa história”, complementou Angelim.

fonte: http://www.riobranco.ac.gov.br