Posts com a Tag ‘lee telemensagens’

Calendário de vencimento do IPVA 2016:

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Calendário de vencimento do IPVA 2016:

Automóveis, Caminhonetes, Ônibus, Micro-ônibus, Motos e similares

Mês

Janeiro

Fevereiro

Março

Parcela

1ª Parcela ou Cota Única Com Desconto

2ª Parcela ou Cota Única Sem Desconto

3ª Parcela

Placa

Dia do Vencimento

Dia do Vencimento

Dia do Vencimento

Final 1

11/1

11/2

11/3

Final 2

12/1

12/2

14/3

Final 3

13/1

15/2

15/3

Final 4

14/1

16/2

16/3

Final 5

15/1

17/2

17/3

Final 6

18/1

18/2

18/3

Final 7

19/1

19/2

21/3

Final 8

20/1

22/2

22/3

Final 9

21/1

23/2

23/3

Final 0

22/1

24/2

24/3

Caminhões e Caminhões-trator

Mês

Janeiro

Março

Abril

Junho

Setembro

Parcela

Cota Única Com Desconto

1ª Parcela

Cota Única Sem Desconto

2ª Parcela

3ª Parcela

Placa

Dia do Vencimento

Dia do Vencimento

Abril

Junho

Setembro

Final 1

11/1

11/3

15/4

15/6

15/9

Final 2

12/1

14/3

Final 3

13/1

15/3

Final 4

14/1

16/3

Final 5

15/1

17/3

Final 6

18/1

18/3

Final 7

19/1

21/3

Final 8

20/1

22/3

Final 9

21/1

23/3

Final 0

22/1

24/3

Alguns problemas com o Ford Focus

domingo, 9 de junho de 2013

Seguem algumas observações sobre o Ford Focus de 2008.

Trata-se de alguns probleminhas que ao longo do tempo pelo fabricante e seus distribuidores.

Problemas que todo fabricante de automóveis e outros produtos podem apresentar.

O Ford Focus é um automóvel excelente para a família.

Para alguns donos de Focus, a experiência de viver o novo, proposta pelos anúncios da Ford, tem sido um bom motivo para se lembrar da versão anterior, cujas reclamações de perda de potência ou barulhos na suspensão eram menos frequentes. Neste ano, a Ford já distribuiu pelo menos três boletins para suas concessionárias tentarem solucionar os dois problemas que vêm afetando o novo Focus, lançado em setembro de 2008.

O primeiro comunicado distribuído à rede foi o Boletim 61/29, em 30 de julho deste ano, que tinha o objetivo de solucionar os casos de motor que apresentavam falhas ou perda súbita de potência em subidas de morro ou ultrapassagens, mas apenas para os Focus com câmbio manual, sedã e hatch. Dias depois, em 3 de agosto, a Ford enviou às concessionárias em segundo comunicado, o Boletim 64/29, agora para os Focus automáticos. Os dois possuem basicamente o mesmo texto, mudando apenas os códigos usados no momento de fazer o download da nova calibração para a central eletrônica, a fim de retardar a explosão na câmara de combustão para eliminar a falta de potência.

Os comunicados internos, porém, não pararam por aí. No dia 17 de julho, a Ford distribuiu o Boletim 55/15, para acabar com os ruídos metálicos vindos da suspensão traseira ou dianteira, que lembram algo solto, como se fosse uma folga no conjunto. O documento ensina a ajustar uma borracha do cabo do freio de mão, posicionada junto à carroceria, que pode ser um dos causadores do barulho. Se isso não for suficiente, o texto manda trocar os amortecedores traseiros e/ou instalar uma manta asfáltica – recurso usado em 2008 no novo Ford Ka para reduzir os ruídos vindos do tanque de combustível.

Proprietários com um dos problemas ou até os dois no mesmo carro não faltam, conforme relata o empresário paulista Alberto Jae-Hong Lee, dono de um Focus Sedan Ghia 2009 manual. “Com 1200 km apareceu o aviso ‘avaria no motor’ no painel. Desliguei o carro e o alerta sumiu. Só que depois começaram as falhas no motor, e agora só consigo subir morros em primeira marcha. Quanto à suspensão, já trocaram os amortecedores traseiros, mas os barulhos continuam”, diz o empresário.

O barulhos variam de intensidade conforme o piso em que se trafega, explica o engenheiro Plínio Santos Lawinsky, de Contagem (MG), dono de um Focus Hatch GLX 2009 automático. “Mas mesmo dentro do estacionamento de um shopping, onde o piso é liso e nivelado, dá para ouvir alguns ruídos. Já o motor, nas arrancadas, descidas ou em marcha-àré, faz o carro responder com saltos, engasgando. Na rodovia, sinto dificuldade em aumentar a velocidade ou fazer ultrapassagens. Nas subidas, tenho a sensação de estar rebocando um trailer.”

http://quatrorodas.abril.com.br

Piso Tátil, para deficiente visual termina em muro.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Só mesmo vendo para acreditar.

Quando se pensa que algo é impossível, a Prefeitura prova que  “Tudo é Possível”, quando se trata de engenharia e cuidados com o cidadão paulistano.

Um trecho do piso tátil para cegos feito recentemente na avenida Faria Lima, na zona oeste de São Paulo, leva de maneira inesperada o pedestre para um muro, em vez de conduzi-lo para a rampa de acesso ao semáforo. As calçadas recém-reformadas da avenida passaram a contar no mês passado com os pisos vermelhos feitos com riscos em relevo que auxiliam na locomoção dos cegos, conhecido como piso tátil direcional.

Curiosamente veja a seguir a justificativa da subprefeitura de Pinheiros.

A subprefeitura de Pinheiros, responsável pela obra, disse que a solução adotada para o piso tátil instalado no trecho ‘está em conformidade com as referências dispostas na ABNT NBR9050:2004’.

A população deveria ser ressarcida destas obras sem engenharia.

Incrível, ainda afirmarem que está dentro das normas.

A prefeitura de São Paulo só piora a cada dia que passa.


Transporte Escolar

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Transporte Escolar

Na certa uma alternativa que muito nos ajuda.

Porém tenho presenciado abusos inaceitáveis por parte dos condutores destes Veículos.

Normalmente são Vans, e por serem maiores demonstram mais segurança a nossas crianças.

Infelizmente todos os dias observo que uma grande parte destes motoristas abusam, na velocidade, nas saídas de ruas secundárias para as avenidas, que entram em velocidade incompatíveis com a região e entre os veículos em sua preferencial, usando-se de ser veículo escolar.

Observo frequentemente crianças soltas brincando e se movimentando em pé dentro da viatura, sem cintos de segurança, e até em número maior que o permitido conforme a segurança exigida.

Param irregularmente em qualquer ponto de embarque ou desembarque sem se preocuparem com o bom andamento do trânsito e da segurança.

Os pais precisam rever estes comportamentos destes condutores.

Devem ainda seguir vez ou outra sem prévio aviso para ver se a segurança e as regras estão sendo seguidas.

Estes veículos não tem as prerrogativas de uma ambulância, mas muitas vezes pensam os condutores que tem os mesmos direitos e abusam pondo crianças em risco eminente.

Voto Nulo

terça-feira, 24 de abril de 2012

Você sabe o que significa Voto Nulo?

Voto nulo é aquele que você opta, não necessariamente por não ter preferência, mas para demonstrar que não concorda com nenhum dos candidatos disponíveis.

O poder do voto nulo não é divulgado porque não há interesse pela classe política que o cidadão expresse claramente o seu descontentamento com os candidatos aos seus cargos.

Quando o numero de Votos Nulos, que significa sua manifestação de descontentamento atinge um volume expressivo, estes candidatos perdem a oportunidade neste pleito e ficam 4 anos inelegíveis, convoca-se um novo pleito com outros candidatos.

Muitas vezes o seu candidato não é eleito, mas pelo partido outro desconhecido é empossado pelos votos do partido.

Ora se você não o escolheu porque este indivíduo ganhou o pleito se nem sequer ouviu falar nele?

O Voto Nulo não é desperdiçar o voto ou falta de patriotismo, e sim uma forma de manifestarmos nossa indignação.

Muitos candidatos são sempre aqueles metidos em escândalos, CPI, processos, porque elegê-los novamente, já prestaram um desserviço a nação?

O Voto, como em qualquer país subdesenvolvido é obrigatório, não nos dá a opção de abstenção, então utilizemos das ferramentas legais.

Analisar candidatos é cada dia mais fácil, temos a mídia televisiva, jornais, rádios e principalmente a internet. Fácil de se conhecer o passado de qualquer candidato.

Voto nulo na urna: OOO-CONFIRMA (Tecla Verde).

Este ano tem eleições.

Cuidado com os candidatos que manipularam, trocaram de partido, criaram novos partidos, que interromperam seus mandatos para participar de nova eleição a cargos maiores, como prefeitos que abandonaram o mandato para se candidatarem a Governador, ou de Governador para Presidente, ou coisa parecida, e ainda nos deixa a herança de um Vice que não conhecemos e assume muitas vezes sem capacidade.