Posts com a Tag ‘cultura’

Cigana Luna

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Consideramos interessante este post,  poderá lhe ser útil.

Droboj Tumen Ano Murro Site



Oriento você a encontrar seu caminho através da Cultura Cigana. Oriento sobre Amizade, Família, Relacionamento, Saúde, Trabalho, Espiritualidade enfim… uma orientação completa para tornar sua vida melhor.


Agende sua Consulta Comigo e Meu “Carteado Cigano”

Consultas por Telefone /  MSN

TEL.: 55 (11) 3021-9332
55 (11) 9181-6459

MSN:cigana-luna@hotmail.com

E-Mail: contato@ciganaluna.com.br

Skype: chonuto

É um prazer Tê-lo(a) Aqui!!!

(Si But Latcho Sitav tusan Acaj!!!)

Optchá.

acesse: http://www.ciganaluna.com.br/

TROCA DE FAMÍLIA

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Troca de Família

O Programa (reality  show), Troca de Família da Rede Record, da semana  de 14/02/11, da Fernanda e Adriana, foi um show de contrastes culturais.

Por um lado a Fernanda, mulher dinâmica, prática, pouco desorganizada, pela intensidade de suas atividades e estilo de vida, por outro a Adriana, pessoa submissa literalmente criada e condicionada para ser a mulher dos anos  em que as mulheres eram criadas para casar e servir ao seu Senhor Marido.

O choque, não foi cultural por diferenças por regiões somente.

Temos a Fernanda e seu marido que trabalham, mantém sua família e ainda dividem seus rendimentos com os animais abandonados, que considero um serviço de solidariedade e muito importante visto o abandono em que se encontram os animaizinhos em nossa cidade.

Em contra partida, em Tupã, cidade não tão longe da Capital, o premiado montador de rodeios, marido da Adriana, ganha o seu dinheiro em cima dos animais, sem qualquer opção de escolha, premiando os que vivem do trabalho animal.

Ainda mais, uma criança é incentivada e exposta ao perigo iniciando-se nos rodeios, onde acho que para isso os pais e o juizado de menores, deveriam assumir publicamente suas responsabilidades pelos profissionais e iniciativas que ponham crianças em risco.

As crianças precisam brincar, estudar e receber uma educação com princípio de respeito humano, educação ecológica e amor aos animais que fazem parte dos seres vivos e de equilíbrio da natureza.

A Adriana, uma pessoa submissa não conseguiu ver na outra família, o respeito que recebeu, com educação e concessões para que a estada dela fosse mais agradável, cederam à cultura regional dela admitindo e até participando de uma festa com seus costumes, sem resistência e com todo respeito que todo ser humano merece, mesmo que de formação e conceitos diferentes.

Ao contrário, Fernanda sofreu na festa indiferença e até mesmo o marido da Adriana, provocou junto a seus amigos a ela lavar, como uma empregada uma grelha, e foi disseminado que ela não é uma mulher do lar, que no conceito deles é propriedade dos homens e nasceu para servi-los e ficarem em 2º plano, senão no último, pois os amigos e os bois de rodeio é que representam mesmo a vida para ele.

Outra coisa que considero muito grave neste episódio, é o marido da Adriana, no final do programa estar, junto a crianças e toda o público telespectador, usando uma roupa fazendo propaganda de bebida alcoólica.

Isso prova o grande equívoco desta cultura que ganha seu sustento com o sacrifício dos bois e ainda divulga produtos inapropriados ao tão reverenciado esporte de Rodeios.

Enfim, as diferenças como vimos, não é de cultura regional, é de filosofia entre o século XXI e o século XX.

Reinalguração do Theatro Municipal do Rio de Janeiro

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Por Ascom da Secretaria da Cultura

Desde 1º de maio funcionando em soft opening, após um ano e meio fechado para a maior reforma de sua história centenária, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro reabre oficialmente nesta quinta-feira (27/5) em solenidade para convidados com a presença do presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, e do governador Sérgio Cabral.

A programação da abertura oficial começa com o Hino Nacional do Brasil, com a Orquestra Sinfônica e o Coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e regência do Maestro Roberto Minczuk. Em seguida, um trecho da Alvorada, ópera Lo Schiavo de Carlos Gomes, também com a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro (regência: Maestro Silvio Viegas).

A Lenda do Caboclo, de Heitor Villa-Lobos e Barcarola op. 60 de Frédéric Chopin também estão entre as atrações da noite com a presença singular do pianista Nelson Freire. O público presente também poderá assistir o balé Something Special (coreografia de Dalal Achcar), com os bailarinos Ana Botafogo e Andrea Volpintesta e piano de Arthur Moreira Lima. E, para finalizar, seleções da ópera O Trovador, de Giuseppe Verdi, com a Orquestra Sinfônica e o Coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro

A partir do sábado, dia 29 de maio, o Theatro comemora a plena reabertura de suas dependências para o público com a montagem da ópera Il Trovatore, de Verdi. Com direção de Bia Lessa, a grandiosa obra em quatro atos será conduzida pela batuta de Silvio Viegas, à frente da Orquestra Sinfônica e do Coro do Theatro Municipal.

Na ópera Il Trovatore, além da participação integral dos 100 integrantes do Coro, estarão no palco 80 atores, incluindo os solistas convidados: a soprano italiana Chiara Taigi, que interpretará Leonora, revezando-se com a brasileira Laura de Souza; o tenor coreano Alfred Kim e o brasileiro Juremir Vieira, no papel de Manrico; as mezzo soprano russas Anna Smirnova e Oxana Kornievskaya, que se revezarão como Azucena; os barítonos brasileiros Rodrigo Esteves e Manuel Alvarez, no papel do Conde de Luna; a mezzo soprano brasileira Luciana Costa e Silva como Inez; o baixo brasileiro Luiz Ottavio Faria, como Ferrando, e o tenor ucraniano Georgy Gayvoronsky interpretando Ruiz.

- O Theatro Municipal é um ícone de alcance mundial e representa as nossas jóias da coroa, por assim dizer. Sinto muito orgulho e muita emoção por nosso governo ter resgatado o maior palco do Brasil e devolvê-lo à população da forma merecida: lindo, incomparável, eterno – festeja o Governador Sérgio Cabral.

- Somos gratos ao empenho do Governo Federal e das empresas patrocinadoras, que se uniram em torno dessa restauração histórica e formaram conosco uma parceria sem precedentes em prol da cultura fluminense.

- O Theatro Municipal é um pilar da cultura brasileira, e poder celebrar sua importância com uma reforma que o devolve a seu viço original é uma forma de homenagear o trabalho de todos os artistas que trabalharam ou trabalharão no teatro, e de presentear o público do Rio de Janeiro – celebra a Secretária de Estado de Cultura, Adriana Rattes.

- Além disso, reaberto, o teatro oferecerá uma programação de primeira, que será constantemente atualizada, pois é importante que, depois de uma grandiosa obra de restauro e modernização, o Governo do Rio de Janeiro faça esta sinalização clara de que o conteúdo do Theatro Municipal – a forma como ele cumprirá, daqui em diante, sua missão de levar a excelência da arte erudita ao público mais amplo possível – é tão importante quanto seu majestoso edifício, que estamos entregando novo – conclui.

Fonte: http://www.jusbrasil.com.br/politica/4894007/theatro-municipal-sera-reinaugurado-oficialmente-hoje

Rio de Janeiro Cultura

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Rio de Janeiro – Cultura

“O Trenzinho do Caipira” – Projeto Villa-Lobos para crianças de todas as idades

22 a 30 de maio de 2010

A Cia. do Abração, de Curitiba, apresenta o espetáculo “O Trenzinho do Caipira – Projeto Villa-Lobos para crianças de todas as idades”, na CAIXA Cultural do Rio de Janeiro nos dias 22, 23, 29 e 30 de maio (sábado e domingo). A montagem nasce do sonho de compartilhar com as crianças a importância e a beleza da música erudita, tendo como referência a obra do maestro e compositor brasileiro.
No roteiro, seis personagens de diferentes regiões do Brasil recebem, simultaneamente, uma misteriosa carta de Villa-Lobos, convidando-os para uma viagem de trem. Por obra do destino – ou da carta que receberam na estação – eles se encontram e constatam que acabam de perder o trem. Este fato provoca uma instabilidade e um questionamento em cada um sobre o sentido de estarem ali. O sentido da viagem, o sentido do trem, o sentido da própria vida. Ao se conhecerem, percebem suas necessidades, os desejos comuns e decidem, então, construir o seu próprio trem. CAIXA Cultural Rio de Janeiro

Rio de Janeiro – Kuarup

Por Assessoria de Imprensa / CAIXA Cultural Rio

Exposição resgata sociedade Xingu

27 de Abril a 6 de Junho – Kuarup – A última Viagem de Orlando Villas Bôas

Boa parte da sabedoria e experiência adquirida pelo sertanista Orlando Villas Bôas será transmitida ao visitante na exposição Kuarup – A Última Viagem de Orlando Villas Bôas, que será inaugurada dia 26 de Abril, na CAIXA Cultural Rio de Janeiro e poderá ser vista até dia 6 de Junho. Depois a mostra segue para Brasília, Belo Horizonte, Curitiba e Salvador. Leia mais: Exposição Rio de Janeiro

Virada Cultural de São Paulo – 2010

sábado, 15 de maio de 2010

Pés e metrô para ir de um palco a outro

A Virada Cultural está com um perímetro maior. Com palcos montados na região da Luz e Julio Prestes, tem atrações mais distantes. Por isso, vê-se na região central, além da tradicional multidão se deslocando de um lugar a outro, muita gente indo às estações de metrô. Para ir ao show de abertura, dos cubanos Barbarito Torres e Ignacio Mazacote, por exemplo, muita gente optou em pegar o coletivo e descer na Luz. Tudo na santa paz!

Publicado emSem categoria | Deixe um comentário

Barbarito Torres e Ignacio Mazacote abrem oficialmente a Virada 2010

Os cubanos Barbarito Torres e Ignacio Mazacote abriram oficialmente a Virada Cultural. Antes deles subirem ao palco, uma artista desceu de tirolesa tocando acordeon do topo da Sala São Paulo. Torres, que ficou mundialmente conhecido pelo documentário “Buena Vista Social Club”, de Win Wenders, foi duas vezes indicado ao Grammy (e conquistou um deles).

Seu parceiro também é artista tradicional da ilha; foi fundador do Afro Cuban All Star.  Juntos relembraram clássicos e embalaram o público. O Prefeito, Gilberto Kassab, o Secretário de Cultura de São Paulo, Carlos Augusto Calil e o novo Presidente da TV Cultura, João Sayad, assistiram a apresentação.

Publicado emSem categoria | Deixe um comentário

Falta pouco! Às 18h de hoje tem início a sexta edição da Virada Cultural!

Publicado emSem categoria | Deixe um comentário

Contagem regressiva: montagem dos palcos

A nossa fotógrafa Sylvia Masini deu uma circulada pelo Centro hoje à tarde para registrar a movimentação da montagem dos palcos e caracterização de prédios. Confiram alguns cliques:

Correção da programação do Museu da Casa Brasileira

Share/BookmarkCompartilhe

Aos que vão usar o folder da Virada Cultural durante o evento, avisamos que a programação do Museu da Casa Brasileira está incorreta. Segue abaixo a íntegra da programação:

MÚSICA

dia 15 - sábado – 20 horas – Banda Mantiqueira – homenagem a Pixinguinha, Tom Jobim, João Bosco e Aldir Blanc.

dia 16 – domingo – 11 horas – Quarteto Brasileiro de Cordas – com o violinista Paulo Paschoal –  Música popular brasileira e erudita.

dia 16 – domingo – 18 horas – encerrando a Virada no Museu, Traditional Jazz Band, repertório empolgante aos ouvidos exigentes e aficionados do jazz.

OFICINA

Dias 15 e 16, às 14h e 16h

Histórias da Coleção MCB

Atividade desafia pais e filhos a descobrir em objetos da Coleção MCB características de personagens de uma historia especialmente criada para a oficina.

Publicado emNotícias | Colocado tag, | Comentários desativados

Alterações de trânsito: CET prepara operação especial de trânsito para Virada Cultural 2010

Share/BookmarkCompartilhe

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) prepara operação especial para monitorar o trânsito na região central da cidade para a realização da Virada Cultural 2010.

Para garantir a segurança e a fluidez do tráfego, bem como o acesso do público ao evento, a CET contará com 290 operadores de tráfego, e utilizará 750 cavaletes, 60 super cones, 50 faixas e 40 banners de orientação.

As primeiras ações começaram na noite de ontem, terça-feira, dia 11, para montagem dos palcos. São seis bloqueios que ocorrerão também na quinta-feira e na sexta-feira.

No sábado (15/05), a partir das 17h, serão feitos os bloqueios para o evento propriamente dito. Serão cinco bloqueios, todos na região central, que ficarão fechados até a madrugada do domingo.

Os bloqueios feitos para a montagem dos palcos serão ativados novamente na madrugada do domingo, após o término das apresentações, para a desmontagem.

A CET recomenda que as pessoas utilizem o transporte público para chegar ao evento. Ônibus e metrô estarão funcionando em horários especiais.

No caso de utilização de veículo particular, não estacionar, de modo algum, sobre calçadas, canteiros centrais, jardins, em frente a guias rebaixadas ou onde houver canalização com cones e cavaletes.

Se precisar de informações, a CET pede aos motoristas que procedam de forma a não atrapalhar a fluidez do trânsito. E nunca parar para embarque ou desembarque em fila dupla.

Para esclarecimento de dúvidas de trânsito, ligar 1188 – Fale com a CET. O serviço atende 24 horas por dia para informações sobre trânsito, ocorrências, remoções, reclamações e sugestões.

BLOQUEIOS PARA A VIRADA CULTURAL

Sábado (15/05), a partir das 17h00 até a madrugada de domingo:

  1. Bloqueios da Av. São João, entre R. dos Timbiras e R. Nothmann, e do Largo do Arouche

Desvio sentido centro: Rua Nothmann, Rua das Palmeiras, Rua Sebastião Pereira e Rua Amaral Gurgel

Desvio sentido bairro: Rua Conselheiro Nébias, Rua Nothman e Av. São João

  1. Bloqueio da Rua Barão de Limeira, entre a Av. Duque de Caxias e a Rua Aurora

Desvio sentido centro: Av. Duque de Caxias e Rua Guaianazes

Desvio sentido bairro: Rua Conselheiro Nébias, Rua Helvétia e Rua Barão de Limeira

  1. Bloqueio da Praça da República no acesso ao Largo do Arouche

Desvio: Av. Ipiranga

  1. Bloqueio da Rua da Consolação com Av. São Luís, Viaduto do Chá com Rua Líbero Badaró, Rua 7 de Abril com Praça da República, Rua 24 de Maio com Praça da República e Rua do Boticário com Av. Ipiranga

Desvio: Av. Ipiranga, Av. São Luís, Viaduto 9 de Julho, Viaduto Jacareí, Rua Maria Paula, Viaduto Dona Paulina, Praça Dr. João Mendes, Rua Anita Garibaldi, Rua Roberto Simonsen, Rua Venceslau Brás, Rua Boa Vista e Rua Líbero Badaró.

  1. Bloqueio da Av. Duque de Caxias, entre a Av. Rio Branco e a Praça Júlio Prestes

Desvio: Av. Rio Branco e Alameda Glete.

BLOQUEIOS PARA Montagem dos palcos

Terça-feira (11/05), a partir das 22h00:

Montagem dos palcos 07 (Orquestra) e 08 (Dança) na Praça da Luz, entre a Av. Tiradentes e o Viaduto Gal. Couto de Magalhães. Será efetuado o bloqueio total, preservando apenas o acesso à Pinacoteca

Desvio sentido centro: Rua Brigadeiro Tobias, Av. Senador Queirós e Rua Gal. Couto de Magalhães

Desvio sentido bairro: Rua José Paulino, Praça da Luz, Rua Prates, Rua dos Bandeirantes e Av. Tiradentes

Quinta-feira (13/05), a partir das 22h00:

Montagem do palco 01 (Principal) na Av. Duque de Caxias com Praça Júlio Prestes. Será necessário o bloqueio da faixa da esquerda da pista da esquerda – via de sentido único

Sexta-feira (14/05), a partir das 20h00:

Montagem do palco 03 (Palco São João) na Av. São João. Haverá bloqueio total da Av. São João, entre a Rua General Osório e a Praça Dr. Júlio de Mesquita

Desvio sentido centro: Largo do Arouche e Rua do Arouche

Desvio sentido bairro: Rua Conselheiro Nébias e Rua General Osório

Sexta-feira (14/05), a partir das 23h00:

Montagem do Palco 04 (Palco Barão de Limeira) na Rua Barão de Limeira. Haverá bloqueio total da Rua Barão de Limeira, entre a Av. Duque de Caxias e a Rua General Osório

Desvio sentido centro: Av. Duque de Caxias, Rua Guaianazes e Rua General Osório

Desvio sentido bairro: Rua General Osório, Rua Barão de Campinas e Av. Duque de Caxias

Sexta-feira (14/05), a partir das 23h00:

Montagem do Palco 05 (Brega): Bloqueio total do acesso do Largo do Arouche para a Av. Vieira de Carvalho

Desvio: retorno junto da Rua do Arouche e Av. Vieira de Carvalho

Sexta-feira (14/05), a partir das 23h00:

Montagem do Palco 10 e do Palco 11 (Bandas Independentes): bloqueio total da Av. Casper Líbero, entre a Rua Mauá e a Rua Washington Luís

Desvio sentido centro: Viaduto Gal. Couto de Magalhães, Praça da Luz, Rua Prates, Rua dos Bandeirantes, Av. Tiradentes (local) e Rua Brigadeiro Tobias

Desvio sentido bairro: Rua Washington Luís, Rua Brigadeiro Tobias, Av. Senador Queirós e Rua Gal. Couto de Magalhães

Publicado emNotícias | Colocado tag, , | Comentários desativados

Vale do Anhangabaú será ‘atacado’ por insetos gigantes

Share/BookmarkCompartilhe

Um dos grandes destaques na programação de performances previstas este ano é a apresentação do espetáculo “Insectes”, do grupo espanhol Sarruga. Em parceria com o Instituto Cervantes, a Virada Cultural recebe a companhia catalã, fundada em 1994, que faz intervenções com figuras de papel gigantes que se movimentam entre o público com suas grandes estruturas de ferro.

Durante o evento no Vale do Anhangabaú, que acontece às 19h30 do sábado (15), à 1h e às 12h30 do domingo (16), formigas gigantes sairão de seu formigueiro no centro de São Paulo em busca de comida, quando terão que lutar contra uma planta carnívora, em apresentações com cerca de 45 minutos de duração. Além de acompanhá-las em seu trajeto e até mesmo ter que se proteger da ameaça junto a elas, o público poderá ver ainda outros insetos, como uma libélula que voará sobre suas cabeças, e a luta entre uma aranha e um louva-deus de 12 metros de altura.

Para acompanhar a performance, como em um verdadeiro filme, três torres com 7 metros de altura iluminam a ação, que conta ainda com trilha sonora e diversos efeitos de fumaça e pirotecnia, permitindo uma completa imersão dos espectadores, que chegam a se sentir como insetos em meio às figuras gigantes.

Melhores pastéis de feira de São Paulo estarão na Virada Cultural

Share/BookmarkCompartilhe

Secretaria de Coordenação das Subprefeituras confirmou participação de quatro, dos dez finalistas do Concurso, realizado no final do ano passado

Quem participar da Virada Cultural, neste final de semana, vai ter a oportunidade de experimentar os melhores pastéis de feira da cidade, escolhidos pela população e júri gastronômico no concurso de “Melhor Pastel de Feira de São Paulo”. O concurso foi promovido pela Secretaria de Coordenação de Subprefeituras, em outubro de 2009.

A barraca da Maria, que ficou em 1º lugar e abocanhou o prêmio de oito mil reais não poderia ficar de fora. O local escolhido para instalá-la foi a movimentada  Rua do Tesouro. A Praça da Luz será o ponto de venda da “Débora Pastéis”, finalista em 6º lugar. O Anhangabaú recebe o 7º colocado, o senhor Fuzen Nakama. A barraca “Pastéis Kudo”, que ficou com a 8ª posição, vai comercializar o quitute no Largo do Paissandú. Os pastéis serão vendidos nos dois dias de eventos e os preços variam de R$2,50 a R$5,00.

O Melhor Pastel de Feira de SP – relembre o concurso:

Ao todo, 10 barracas disputaram o primeiro lugar. Para vencer, os participantes tiveram que conquistar os jurados – todos do ramo culinário – pelo estômago. Entre os critérios utilizados para a avaliação estava a limpeza da barraca, o sabor, a não utilização de molhos em bisnaga, a organização e a higiene de todos os funcionários da banca. O pastel avaliado foi o de carne, para que se pudesse determinar o sabor e a qualidade da massa, do tempero e do recheio com mais rigor.

Durante 20 dias os paulistanos puderam votar naquele que, em sua opinião, seria o melhor pastel de feira da Cidade. Em São Paulo são cerca de 730 pasteleiros que se revezam nas 888 feiras espalhadas pela Cidade. Juntos, eles chegam a vender dois milhões de pastéis por semana.

Transporte na Virada Cultural: SPTrans prepara operação especial

Share/BookmarkCompartilhe

Marcada para os dias 15 e 16/05, a Virada Cultural chega à sua sexta edição com status de grande festa realizada pela Secretaria Municipal de Cultura e pela Prefeitura de São Paulo. Durante 24 horas ininterruptas, os moradores da capital e turistas se dividem entre centenas de atrações.

Este ano, a SPTrans criou uma Linha Especial, que fará o circuito da Virada.

A Linha Virada Cultural estará disponível a partir das 17h, do sábado, até às 20h do domingo e circulará pela região dos palcos, cinemas, pistas e muito mais. Serão veículos acessíveis, para facilitar o embarque/desembarque de pessoas com mobilidade reduzida. Durante o percurso, a linha atenderá os Terminais Parque D. Pedro II, Princesa Isabel, Amaral Gurgel e Bandeira e mais outros 25 pontos para que você possa ir de uma atração para outra, com facilidade e conforto.

Conheça o itinerário da Linha Virada Cultural

Sentido Único – Terminal Parque D. Pedro II, Av. do Exterior, Viaduto Vinte e Cinco de Março, Viaduto Mercúrio, R. da Figueira, R. Mercúrio, Av. Senador Queiroz, R. Dom. Francisco de Souza, Av. Prestes Maia, Túnel Papa João Paulo II (Norte-Sul), Av. Nove de Julho, R. Alfredo Gaglioti, R. Álvaro de Carvalho, R. Martins Fontes, R. Augusta, R. Caio Prado, R. da Consolação, R. Rego Freitas, Lgo. do Arouche, acesso e Terminal Amaral Gurgel, via sob. Elevado Costa e Silva, Alameda Glete, Av. Rio Branco, R. Helvetia, R. Guaianases e Terminal Princesa Isabel, Av. Rio Branco, R. Helvetia, Alameda Barão de Limeira, Alameda Nothmann, Av. São João, acesso e Terminal Amaral Gurgel, R. Ana Cintra, R. Sebastião Pereira,  R. Amaral Gurgel, R. Marques de Itu, R. Dr. Vila Nova, R. Major Sertório, Av. Ipiranga, Av. São Luiz, Viaduto Nove de Julho, R. Santo Antonio e Terminal Bandeira, R. Santo Antonio, Viaduto Jacareí, R. Maria Paula, Viaduto Dona Paulina, Pça. Dr. João Mendes, R. Anita Garibaldi, Pça. Clovis Beviláqua, R. Dr. Bittencourt Rodrigues, Pça. Fernando Costa, acesso e Terminal Pq. D. Pedro II.

Veja mais detalhes aqui.

Publicado emNotícias | Colocado tag, , | Comentários desativados

Praça da República recebe a nata do samba

Share/BookmarkCompartilhe

Representantes da velha guarda do samba carioca e paulista têm encontro marcado na Virada Cultural. A Praça da República terá, entre outros artistas, Paulo Vanzolini que, aos 86 anos, será acompanhado por violão, flauta, bandolim, percussão, trompete e trombone e cantará “Volta por Cima”, “Ronda” e “Boca da Noite”. Nelson Sargento, que dispensa apresentação (já foi parceiro de Cartola, Carlos Cachaça e João de Aquino), também estará no palco. Jair Rodrigues comemora seus 70 anos de vida e 50 de carreira; tocará “Coisinha do Pai”, “Não deixe o samba morrer” e “Disparada”.

Elza Soares e Sandália de Prata mostrarão as músicas do CD “Samba Pesado” que passa pelo samba-rock, gafieira e partido alto com temperos de jazz, soul e rap. Também passarão pela República: Orlandivo e Clube do Balanço, Arlindo Cruz, Reinaldo – O Príncipe do Pagode, Leandro Sapucay, Almir Guineto, Germano Mathias e Dicró e Wilson Simoninha e Max de Castro – os irmãos prestarão uma homenagem e relembrarão os velhos sucessos do pai, Wilson Simonal.

fonte: http://noticiasdavirada.wordpress.com/