Posts com a Tag ‘Austrália’

Dia dos Animais

terça-feira, 28 de setembro de 2010

04 de OUTUBRO

Por que hoje?

    • A primeira classificação dos animais, como conhecemos hoje, se deu em 350 a.C., com Aristóteles. Este filósofo grego catalogou, na época, 500 espécies. Ele já considerava o golfinho, por exemplo, um bicho da terra, explicando que, ao contrário dos peixes, ele amamentava os seus filhotes. Assim como as baleias, o golfinho se desenvolveu, de fato, em terra firme, migrando depois para o mar.

      Mal podia imaginar o sábio Aristóteles que, num futuro distante, esses mesmos golfinhos estariam ameaçados de extinção, necessitando de projetos voltados para a proteção das espécies, a fim de evitar o pior, ou seja, o extermínio. Aqui mesmo no Brasil, a noroeste da principal ilha do arquipélago de Fernando de Noronha, na costa pernambucana, os chamados golfinhos-rotadores são objeto de preocupação e cuidados de pessoas e entidades que se dedicam ao ecoturismo naquela região.

  • Quatro de outubro é o Dia dos Animais, a mesma data em que se festeja o dia de São Francisco de Assis. E não é coincidência, pois esse santo é o protetor dos animais. Ele sempre se referia aos bichos como irmãos: irmão fera, irmã leoa. São Francisco de Assis também amava as plantas e toda a natureza: irmão sol, irmã lua… São expressões comuns na fala do santo, um dos mais populares até os nossos dias.

    Nascido na cidade de Assis, em 1182, Francisco (quando ainda não era santo) tentou ser comerciante, mas não teve sucesso. Nas cruzadas, lutou pela fé, mas com objetivos individuais de se destacar e alcançar glórias e vitórias. Até que um dia, segundo contam livros com a história de sua vida, Francisco recebeu um chamado de Deus, largou tudo e passou a viver como errante, sem destino e maltrapilho. Desde então, adotou um estilo de vida baseado na pobreza, na simplicidade de vida e no amor total a todas as criaturas.

    Os golfinhos-rotadores ganharam esse nome por conta das inúmeras acrobacias executadas ao saltarem e mergulharem na água. Tipo de comportamento alegre, ainda não entendido pelos estudiosos, podendo ser desde uma mera brincadeira até uma sinalização acústica.

    As maiores ameaças a esses mamíferos marinhos são, além de um turismo não controlado, degradando e poluindo o habitat natural, as capturas acidentais e também intencionais dos pescadores. Já nas Filipinas, na Austrália e Venezuela, por exemplo, a captura desses animais tem como objetivo aproveitar a gordura do golfinho para usar como isca na pesca do tubarão.

    fonte: http://www.ibge.gov.br





21 de Setembro- Dia da Árvore

domingo, 12 de setembro de 2010

Dia da Árvore

    • A manutenção da vida na terra depende da consciência de se proteger as árvores e, conseqüentemente, a natureza num todo. É uma atitude inteligente, que há tempos é assumida por pessoas engajadas nesse sentido. Para se ter uma idéia, desde o século V, iniciativas desse tipo são tomadas, quando, na Suíça, era reservado um dia do ano para o plantio de árvores.

      Também no século passado, instituiu-se a “Festa das Árvores”, pela dedicação de um francês chamado Fourrier, cuja idéia foi largamente imitada por outras nações européias. Coincidentemente, nesse mesmo período, era comemorado, no estado de Nebraska, Estados Unidos, o “Dia da Árvore” – The Arbor Day -, em 10 de abril de 1872, dia instituído por J. Sterling Morton.

      Aqui no Brasil, os responsáveis pela primeira comemoração da “Festa das Árvores” foram João Pedro Cardoso e Alberto Leofgren. O evento se deu na cidade de Araras, em São Paulo, no dia 7 de junho de 1902, com o respaldo das Leis Municipais números 18 e 19 de 1 e 2 de fevereiro de 1902 respectivamente. O objetivo ao se promover a festa era incentivar a plantação e a conservação do meio-ambiente.

      No ano seguinte ao evento, 3 de maio de 1903 exatamente, a mesma festa foi lembrada em Itabira, São Paulo, com o desfile de crianças a conduzir flores, mudas de plantas e instrumentos agrícolas. Na ocasião, dois andores iam devidamente enfeitados, contendo uma muda de magnólia e outra de pau-brasil, ambas plantadas por Coelho Neto.

      Talvez por conta desse histórico, um decreto presidencial de número 55.795, datado a 24 de fevereiro de 1965, instituiu a Festa Anual das Árvores em todo o território nacional. Em razão das diferenças fisiográfico-climáticas brasileiras, o evento é festejado tanto na última semana do mês de março, no Norte e Nordeste, quanto na semana iniciada em 21 de setembro, nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

      De acordo com o artigo segundo do decreto, a finalidade da festa é “difundir ensinamentos sobre a conservação das florestas e estimular a prática de tais ensinamentos, bem como divulgar a importância das árvores no progresso da pátria e no bem-estar dos cidadãos”.

      fonte: http://www.ibge.gov.br

  • A massa principal da vegetação terrestre é constituída por árvores, agrupadas em sua maioria em florestas. Toda e qualquer planta viva, lenhosa e ramificada que ultrapasse os sete metros de altura pode ser considerada uma árvore. Sendo menor é um arbusto ou, caso se ramifique desde a base, um subarbusto.

    As maiores árvores chegam a 165 metros de altura (eucaliptos da Austrália). Já o diâmetro da base do tronco mede até 13 metros entre as seqüóias da Califórnia, cuja longevidade ultrapassa os 2.000 anos.

Resultado dos Jogos da Copa do mundo 2010

domingo, 13 de junho de 2010

12 de Junho de 2010

Encerrado

Coréia do Sul

2-0

Grécia

Encerrado

Argentina

1-0

Nigéria

Encerrado

Inglaterra

1-1

Estados Unidos


13 de Junho de 2010

Encerrado

Algeria

0-1

Eslovênia

Encerrado

Sérvia

0-1

Gana

Encerrado

Alemanha

4-0

Austrália

Tabela da Copa do Mundo 2010 – Africa do Sul

domingo, 6 de junho de 2010

Copa do Mundo de 2010

Tabela, Grupos, Jogos , Datas, Horários e Times Classificados

A Copa do Mundo de 2010, sediada pela África do Sul, começa no dia 11 de Junho e termina dia 11 de Julho. Será a primeira Copa a ser realizada no continente africano.

copa mundo 2010 logo

Um total de 32 equipes conseguiram sua classificação após o longo processo de Eliminatórias.

Times classificados – seleções participantes da Copa do Mundo de 2010.

África
África do Sul
Camarões
Nigéria
Argélia
Gana
Costa do Marfim

Ásia
Austrália
Japão
Coréia do Norte
Coréia do Sul

Europa
Dinamarca
Suíça
Eslováquia
Alemanha
Espanha
Inglaterra
Sérvia
Itália
Holanda
Portugal
Grécia
Eslovênia
França
América do Norte, Central e Caribe
Estados Unidos
México
Honduras

América do Sul
Brasil
Chile
Paraguai
Argentina
Uruguai

Oceania
Nova Zelândia

Os grupos são definidos por sorteio.

Grupos da Copa do Mundo de 2010 e a lista completa de jogos com suas datas e horários (de Brasília).

PG: pontos ganhos – JD: jogos disputados – SG: saldo de gols

A Seleção PG JD SG
1 África do Sul 0 0 0
2 México 0 0 0
3 Uruguai 0 0 0
4 França 0 0 0
11/06 – 11:00 – África do Sul x México
11/06 – 15:30 – Uruguai x França
16/06 – 15:30 – África do Sul x Uruguai
17/11 – 15:30 – França x México
22/11 – 11:00 – México x Uruguai
22/11 – 11:00 – França x África do Sul
B Seleção PG JD SG
1 Argentina 0 0 0
2 Nigéria 0 0 0
3 Coréia do Sul 0 0 0
4 Grécia 0 0 0
12/06 – 11:00 – Argentina x Nigéria
12/06 – 08:30 – Coréia do Sul x Grécia
17/06 – 11:00 – Grécia x Nigéria
17/06 – 08:30 – Argentina x Coréia do Sul
22/06 – 15:30 – Nigéria x Coréia do Sul
22/06 – 15:30 – Grécia x Argentina

C Seleção PG JD SG
1 Inglaterra 0 0 0
2 Estados Unidos 0 0 0
3 Argélia 0 0 0
4 Eslovênia 0 0 0
12/06 – 15:30 – Inglaterra x Estados Unidos
13/06 – 08:30 – Argélia x Eslovênia
18/06 – 11:00 – Eslovênia x Estados Unidos
18/06 – 15:30 – Inglaterra x Argélia
23/06 – 11:00 – Eslovênia x Inglaterra
23/06 – 11:00 – Estados Unidos x Argélia
D Seleção PG JD SG
1 Alemanha 0 0 0
2 Austrália 0 0 0
3 Sérvia 0 0 0
4 Gana 0 0 0
13/06 – 15:30 – Alemanha x Austrália
13/06 – 11:00 – Sérvia x Gana
18/06 – 08:30 – Alemanha x Sérvia
19/06 – 11:00 – Gana x Austrália
23/06 – 15:30 – Gana x Alemanha
23/06 – 15:30 – Austrália x Sérvia

E Seleção PG JD SG
1 Holanda 0 0 0
2 Dinamarca 0 0 0
3 Japão 0 0 0
4 Camarões 0 0 0
14/06 – 08:30 – Holanda x Dinamarca
14/06 – 11:00 – Japão x Camarões
19/06 – 08:30 – Holanda x Japão
19/06 – 15:30 – Camarões x Dinamarca
24/06 – 15:30 – Dinamarca x Japão
24/06 – 15:30 – Camarões x Holanda
F Seleção PG JD SG
1 Itália 0 0 0
2 Paraguai 0 0 0
3 Nova Zelândia 0 0 0
4 Eslováquia 0 0 0
14/06 – 15:30 – Itália x Paraguai
15/06 – 08:30 – Nova Zelândia x Eslováquia
20/06 – 08:30 – Eslováquia x Paraguai
20/06 – 11:00 – Itália x Nova Zelândia
24/06 – 11:00 – Eslováquia x Itália
24/06 – 11:00 – Paraguai x Nova Zelândia

G Seleção PG JD SG
1 Brasil 0 0 0
2 Coréia do Norte 0 0 0
3 Costa do Marfim 0 0 0
4 Portugal 0 0 0
15/06 – 11:00 – Costa do Marfim x Portugal
15/06 – 15:30 – Brasil x Coréia do Norte
20/06 – 15:30 – Brasil x Costa do Marfim
21/06 – 08:30 – Portugal x Coréia do Norte
25/06 – 11:00 – Portugal x Brasil
25/06 – 11:00 – Coréia do Norte x Costa do Marfim
H Seleção PG JD SG
1 Espanha 0 0 0
2 Suíça 0 0 0
3 Honduras 0 0 0
4 Chile 0 0 0
16/06 – 08:30 – Honduras x Chile
16/06 – 11:00 – Espanha x Suíça
21/06 – 11:00 – Chile x Suíça
21/06 – 15:30 – Espanha x Honduras
25/06 – 15:30 – Chile x Espanha
25/06 – 15:30 – Suíça x Honduras

Fonte:http://jumentosfutebolclube.com

Internacionalização da Nossa Amazônia

sábado, 22 de maio de 2010

A ONU aprova invasão da Amazônia
Por Jornal do Commércio 20/06/2003 às 00:05

Se os Estados Unidos decidirem um dia invadir a Amazônia terão de imediato um respaldo da ONU, segundo alertou ontem na Câmara Municipal de Manaus o general-de-brigada Thaumaturgo Sotero Vaz.

Gabriel  Andrade
Gabriel Andrade

Se os Estados Unidos da América resolverem invadir e internacionalizar a Amazônia Brasileira, terão respaldo em resoluções da ONU (Organização das Nações Unidas) que admitem pelo menos três justificativas para a tomada da região: o narcotráfico, a destruição da floresta tropical e a proteção das comunidades indígenas. Para o general-de-brigada Thaumaturgo Sotero Vaz, que falou sobre o tema ontem na Câmara Municipal de Manaus, pretextos não faltarão aos norte-americanos, a menos que o governo brasileiro adote providências imediatas para ocupar e desenvolver a região.

Thaumaturgo, ex-comandante do CMA (Comando Militar da Amazônia) e estudioso dos problemas da região, disse que as pressões sobre o governo brasileiro pela internacionalização da Amazônia remontam ao ano de 1918, quando o presidente Epitácio Pessoa foi “peitado” pelo governo dos Estados Unidos para ceder a região.

O general receia que as recentes resoluções da ONU, que admite intervenção nos países envolvidos com terrorismo internacional, narcotráfico, imigração ilegal, destruição das florestas tropicais e ameaça às comunidades indígenas sejam usadas como pretextos para os EUA invadirem a Amazônia. Ele acrescentou que a região está enquadrada em pelo menos três desses itens já aprovados em resoluções na ONU – índios, floresta e narcotráfico.
De acordo com Thaumaturgo, o que antes era apenas uma questão geopolítica passou a ter aspectos econômicos.

Ele citou o caso do estanho e cassiterita de Rondônia e do Amazonas, cujas minas, quando foram ativadas, derrubaram os preços dos minérios no mercado mundial e obrigaram a Austrália, Inglaterra e França a fecharem quarenta minas até nas possessões africanas, porque não podiam concorrer com os minérios da Amazônia.

ERON: “FHC AUTORIZOU A INVASÃO”

A questão da internacionalização da Amazônia foi discutida ontem também na Assembléia Legislativa, onde o deputado Eron Bezerra (PC do B) acusou o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) de ter liberado a metade da região para eventuais invasões. De acordo com o parlamentar comunista, 60 milhões de hectares serão bloqueados e loteados por ONG’s internacionais. “Como não cabe mais a invasão militar pura e simples, como fizeram no Iraque, o esquema agora é o do bloqueio da região”, denunciou o político.

Bezerra lembrou que o Estado do Amazonas possui 1,5 milhão de quilômetros quadrados, o que significa 150 milhões de hectares, dos quais a metade está bloqueada pelas ONG’s internacionais por determinação de Fernando Henrique. O mais grave, citou o parlamentar, é que o Ministério do Meio Ambiente está sendo conivente com a situação. “Isso é lamentável e perigoso”, alertou.

DOMÍNIO SUTIL

Eron disse que nenhuma nação estrangeira tem, nesse momento, como fazer uso da força militar para invadir a Amazônia, porque o Brasil tem forte representação no sistema democrático mundial. Diante disso, a estratégia de dominação seria a sutileza do bloqueio, tomando aos poucos grandes áreas da região. “Há anos venho denunciando esse esquema e agora acredito que seja materializado com o único legado que o ex-presidente FHC deixou para os amazônidas”, protestou o parlamentar.

Eron Bezerra convocou os amazônidas e, principalmente, os amazonenses, a se unirem e lutarem na defesa da região amazônica, para que não seja invadida a partir do Amazonas.

Para ele, é preciso bloquear o Ministério do Meio Ambiente, não permitindo que o governo autorize o loteamento dos 60 milhões de hectares e a entrega da biodiversidade amazônica às potências estrangeiras.

fonte: http://www.midiaindependente.org/pt/red/2003/06/256730.shtml