Posts com a Tag ‘aniversário’

Campanha contra os juros dos cartões de Crédito

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Os juros de cartões de crédito e cheques especiais passam de 400% ao ano no Brasil.

Isso significa que uma compra de R$ 1000,00 ao final de 12 meses passou para R$ 4000,00.

Isto quando o cliente paga a fatura de forma coerente. Se pagar o valor mínimo sugerido pela operadora, isto vira uma progressão geométrica, ou seja uma bola de neve quase que impagável.

A sugestão mais recomendada é os clientes boicotarem os cartões, não utilizá-los ou não parcelar seus pagamentos.

Se cobram tanto é porque a população paga.

É uma questão de mercado.

Estes juros são extrorsivos,  agiotagem, crime contra economia popular.

O governo e suas leis, nada fazem para coibir tal prática de estelionato legalizado, assim como os tributos famintos que são cobrados de seu povo.

Parem de usar estes cartões.

Troque estas dívidas com créditos pessoais, mesmo que também proibitivos, mas menores que os dos cartões de crédito.

Deixem de fazer uso de práticas que te levam a falência e enriquecimento de instituições que lucram com a angústia e fraqueza de povo brasileiro.

Não aos Juros Abusivo das administradoras de cartões de  crédito!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Lee Telemensagem, Sua Agência do Brasil

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

LEE TELEMSNSAGEM

O que é uma telemensagem?

Telemensagem é uma forma carinhosa e especial de dar um recado à alguém.

Técnicamente, as telemensagens são textos, poemas e orações faladas, com voz femina, masculina ou infantil apoiadas em fundos musicais adequados ao assunto.

Esta mensagem é transmitida pelo telefone e, em nossa agência, oferecemos, além da telemensagem, o serviço de reação ao vivo.

Numa mensagem com reação, durante a transmissão da telemensagem, o cliente que deseja ouvir como quem recebe a mensagem está reagindo é conectado na mesma chamada podendo ou não falar ao final desta.

Existem vários temas de telemensagem; telemensagens românticas, de amizade, de aniversário, pedido de desculpas, datas comemorativas e muito mais.

Navegue por nosso website e ouça vários exemplos de telemensagens.

www.leetelemensagem.com.br

ANIVERSÁRIO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

terça-feira, 1 de março de 2011

1º DE MARÇO

ANIVERSÁRIO DO RIO DE JANEIRO

446 ANOS

MINHA CIDADE

Minha cidade – menina,
tão linda, tão feminina,
cheia de charme e fulgor,
conservas tua beleza,
esbanjas teu esplendor,
apesar de maltratada,
apesar do desamor.

Aquele que por ti passa,
não quer, jamais, te deixar;
diante de tua graça,
rende-se sem vacilar.

Cidade cartão – postal,
minha cidade natal!

Autora: Cibele Carvalho

ANIVERSÁRIO DO RIO

Como o Cristo Redentor
Abraça e abarca
Todos os cariocas e brasileiros,
Venho abrir meus braços
E te afagar nesse seu dia maravilhoso.
Que é comemorado
Mais um aniversário
A cidade maravilhosa
Desses percalços da chuva…
C
uja velinha não vai apagar
A chama da esperança,
Ao contrário,
Como a chama da vela que se renova
E volta mais brilhante
O Rio de Janeiro renovar-se-á
Com um brilho da vela mais virgem
Renascendo a esperança e a alegria
Da maravilhosa cidade de sempre!
Feliz AniversáRIO

Autor: Marcelo de Oliveira Souza

13/10 – Dia do Fisioterapeuta

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

DIA DO FISIOTERAPEUTA 13/10/2009

A Todos Fisioterapeutas:  Feliz dia do Fisioterapeuta!!!

Oração da Fisioterapia

“Senhor, eu sou fisioterapeuta.
Um dia, depois de anos de estudos, me entregaram um diploma,
dizendo que eu estava oficialmente autorizado a reabilitar.
E eu jurei fazê-lo. . . conscientemente.
Não é fácil, Senhor, não é nada fácil viver este juramento na rotina
sempre repetida da vida de um fisioterapeuta:
avaliando. . .tratando. . .reavaliando. . .tratando. . .
acompanhando passo a passo a recuperação, às vezes lenta, dos
pacientes. Contudo, Senhor, eu quero ser fisioterapeuta. . .
Alguém junto de alguém.
Não mecânico de uma engrenagem, mas gente reabilitando gente.
Que todo aquele que me procura em busca de cura física
encontre em mim algo mais que o profissional. . .
Que eu saiba parar para ouvi-lo. . .sentar junto ao seu leito par animá-lo. . .
É muito importante, Senhor: que eu não perca a capacidade de chorar.
Que eu saiba ser fisioterapeuta. . .alguém junto de alguém. . .
Gente reabilitando gente, com a tua ajuda, Senhor.”

Fonte: http://www.portalfisioterapia.com.br/fisioterapia/principal/conteudo.asp?id=6516

Dia do Fisioterapeuta (13/10)

Fisioterapeutas são profissionais que tratam de pacientes com dificuldades respiratórias, dores musculares e dificuldades nos movimentos, principalmente da coluna vertebral, através da manipulação de partes afetadas do corpo e de exercícios.

As atividades dos fisioterapeutas incluem criar e aplicar exercícios para:
• aumentar a capacidade respiratória de pacientes com problemas respiratórios;
• desenvolver a capacidade física e motora de bebês e crianças com problemas neurológicos;
• estimular a musculatura e treinar a coordenação motora de pessoas idosas e com deformações, artrites, reumatismo e outros problemas nas articulações;
• evitar problemas circulatórios e posturais em gestantes e fazer treinamento para o parto;
• promover a recuperação motora de doentes com seqüelas de traumatismo craniano, derrame cerebral ou paralisia;
• tratar deformidades da coluna ou problemas de postura com exercícios de alongamento e de fortalecimento da musculatura, a chamada reeducação postural global (RPG).
Além disso, usam recursos como eletricidade, calor e frio, raios laser, ultravioleta ou infravermelhos e exercícios na água para aumentar a capacidade de movimentação, estimular a circulação e diminuir as dores de pacientes com fraturas, traumas musculares e luxações. Atuam também na área da medicina estética, auxiliando cirurgiões plásticos no processo de recuperação de pacientes.

Ao contratar um Fisioterapeuta, exija sua identificação do Crefito (Conselho Regional de Fisioterapia). Existem muitas pessoas exercendo esta profissão ilegalmente, sem nenhuma formação, causando prejuízos sérios à saúde das pessoas.
Caso aconteça isso com você, denuncie:

LEMBRE-SE: Acidentes não acontecem por acaso.
As quedas podem causar desde lesões leves, até graves, como as fraturas e contusões cerebrais. Para quem sofre de osteoporose, o risco de fratura é maior e a recuperação mais difícil. As quedas podem ser resultado de problemas de visão, deformidade dos pés, redução de força muscular, uso de medicamentos que afetam o equilíbrio, labirintite, esclerose múltipla, Parkinson, derrame cerebral, arritmia cardíaca, Alzheimer, etc.

Prevenir quedas é de fundamental importância. Quando houver indicação médica de exercícios físicos, eles devem ser planejados pelo fisioterapeuta. A fisioterapia reduz o risco de quedas por melhorar o equilíbrio, marcha, flexibilidade, força muscular, etc.

Fonte
Autor: (Desconhecido)
Fonte: (Velhos amigos)
http://www.ilhado.com.br/index.php?id_editoria=24&id=1850

Aniversário de São Gonçalo – Rio de Janeiro – 22 de setembro

terça-feira, 22 de setembro de 2009

A Equipe Lee Telemensagem parabeniza a cidade de São Gonçalo no Rio de Janeiro pelos seus 219 anos.

História

Em 6 de abril de 1579, o nobre Gonçalo Gonçalves recebia do Governador da Capitania do Rio de Janeiro a sesmaria localizada às margens do rio Imboaçu, e teria o dever de construir uma capela e um povoado no período de três anos. Ele construiu uma capela com o santo de sua devoção – São Gonçalo D’Amarante. Contudo, esta data é imprecisa, sendo alvo de debates entre historiadores da cidade.

Presume-se que o local tenha sido onde hoje está a Igreja Matriz de São Gonçalo, no bairro Zé Garoto. A praça Stephanea de Carvalho (popularmente conhecida como Praça do Zé garoto) seria o Marco-Zero da cidade, pois a vila de São Gonçalo existia onde agora está o bairro homônimo.

Nos seus inícios, no século XVI, a região onde está São Gonçalo era habitada pelos índios Tamoios, na região de Itaoca. Seu desmembramento, iniciado no final do século XVI, foi efetuado pelos jesuítas que, no começo do século XVII, instalaram uma fazenda na área conhecida como Colubandê, às margens da atual rodovia RJ-104. A sede da fazenda foi preservada e hoje é sede do batalhão de policia florestal da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro.

Em 1646, foi alçada à categoria de paróquia, já que, segundo registros da época, a localidade-sede ocupava uma área de 52 km², com aproximadamente seis mil habitantes, sendo transformada em freguesia. Visando a facilidade de comunicação, a sede da sesmaria foi posteriormente transferida para as margens do Rio Imboaçu, onde foi construída uma segunda capela, monumento atualmente restaurado. O conjunto de marcos históricos remanescentes do século XVII inclui a fazenda Nossa Senhora da Boa Esperança, em Ipiíba, e a propriedade do capitão Miguel Frias de Vasconcelos, no Engenho Pequeno. A capela de São João, Porto do Gradim, e a Fazenda da Luz, em Itaoca, são lembranças de um passado colonial em São Gonçalo.

Em 1860, 30 engenhos já estavam exportando através dos portos de Guaxindiba, Boaçu, Porto Velho, e Pontal de São Gonçalo. Dessa época, as fazendas do Engenho Novo e Jacaré (1800), ambas de propriedade do Barão de São Gonçalo, o Cemitério de Pachecos (1842) e a propriedade do Conde de Baurepaire Rohan, na Covanca (1820), são os elementos mais importantes. São Gonçalo contava até o século XX com cerca de 12 portos que exportavam produtos do Estado para a Corte.

Em 22 de setembro de 1890, o Distrito de São Gonçalo é emancipado politicamente e desmembrado de Niterói, através do decreto estadual nº 124. Em 1892, o decreto nº 1, de 8 de maio, suprime o município de São Gonçalo, reincorporando-o a Niterói pelo breve período de sete meses, sendo restaurado pelo decreto nº 34, de 7 de dezembro do mesmo ano. Em 1922, o decreto 1797 concede-lhe novamente foros de cidade, revogada em 1923, fazendo a cidade baixar à categoria de vila. Finalmente, em 1929, a Lei nº 2335, de 27 de dezembro, concede a categoria de cidade a todos as sedes do município.

A partir, então, do ano de 1929, o Município de São Gonçalo inicia, de forma mais tranquila, sua trajetória rumo ao progresso e ao sucesso.

Em 1943, ocorre nova divisão territórial no estado do Rio de Janeiro e desta vez, São Gonçalo perde o Distrito de Itaipu para o município de Niterói, restando-lhe apenas cinco distritos, quais sejam: São Gonçalo (sede), Ipiíba, Monjolo, Neves e Sete Pontes que permanecem até os dias atuais.

Neste mesmo período, nas décadas de 1940 e 1950, inicia-se a instalação, em grande escala, de grandes fábricas e indústrias em São Gonçalo. Seu parque industrial era o mais importante do Estado, o que lhe valeu o apelido de “Manchester Fluminense”, pois não havia nenhum desempregado na cidade.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Gon%C3%A7alo_(Rio_de_Janeiro)

Envie telemensagens para São Gonçalo no Rio de Janeiro. A Agência Lee Telemensagem atende em todo o Brasil.