O Centenário dos Santos

Fundado em 14 de abril de 1912, o Santos em apenas 100 anos elevou o futebol do status de esporte à condição de arte.

E não podemos esquecer que em 1962, com metade de sua idade atual, já se consagrava campeão mundial.

E excursionava pelas principais cidades do planeta realizando jogos espetaculares.

Sim, foi no Santos que surgiu o Rei Pelé, desnecessário dizer.

Mas é claro que há mais.

Não é à toa que um dos primeiros ídolos e artilheiros do clube tinha o apelido de Feitiço.

São inúmeros os fatos divertidos que cercam a historia do Santos.

Em excursão pela África em meados dos anos 60, um jogo seu interrompeu uma guerra, quando as nações rivais decidiram estabelecer um armistício para verem a exibição.

O cessar-fogo durou apenas o pouco tempo que o time permaneceu na região.

O documentário “Santos 100 Anos de Futebol Arte”, produzido pelo Canal Azul, com roteiro e direção da premiada cineasta Lina Chamie, é o filme oficial das comemorações do centenário do Santos.

Em 12 capítulos, a diretora Lina Chamie narra as principais passagens da história do clube, após uma longa e cuidadosa pesquisa em acervos públicos e particulares no Brasil e no exterior.

“Procurei refletir a dimensão ampla e humana do futebol em nossa cultura”, comenta a diretora, também torcedora fanática do alvinegro da Vila Belmiro.

Como conteúdo extra, o DVD traz ainda entrevistas extensas com Pelé, Carlos Alberto, Serginho Chulapa, Robinho, Neymar e outros, além dos ‘curta-metragens’ “Muro 100 Anos de Futebol Arte” sobre um grupo de artistas plásticos que fizeram um mural em homenagem ao Santos F.C. e “Historia Santista”, totalizando aproximadamente 182 minutos de duração.

E para a alegria do torcedor santista, outros dois filmes do Canal Azul já estão em fase de pré-produção que completarão uma trilogia sobre o Santos Futebol Clube: “Meninos da Vila – A Magia do Santos” dirigido por Kátia Lund e “Santos de Todos os Gols”, previsto para 2014, mais uma vez dirigido por Lina Chamie, mostrando os melhores e principais gols do time da Vila Belmiro.

Duração: Filme: 94 min. / Extras: 88 min. / Total: 182 minutos aproximadamente.

Nas lojas a partir do dia 14 de abril de 2012.

R$ 32,90

Nota do blog: O texto acima, da assessoria de imprensa do lançamento, tenta resumir algo que não se pode resumir: a história do melhor time de futebol de clube em todos os tempos.

Nem o filme, com imagens belíssimas como as que cercaram, por exemplo, a decisão da última Libertadores, no estádio Centenário de Montevidéu e no Pacaembu, pode dar conta disso.

Mas dá bem uma ideia.

E até com passagens inéditas dos anos 30, quando o Santos ganhou seu primeiro título paulista.

Com belos depoimentos de jornalistas santistas como José Roberto Torero e Luiz Zanin, o filme emociona o torcedor do alvinegro praiano e seduz o amante do futebol, seja de que clube for.

Seu pecado está em fazer permanente contraponto com o Corinthians, o que só faz aumentar a importância do rival, além de explorar menos do que deveria as epopeias santistas diante do Boca Juniors, na Bombonera, na decisão da Libertadores de 1963 , além da decisões contra o Benfica e o Milan nos Mundiais de 1962 e 1963.

Mas duvido que alguém veja o filme e não goste (JK).

fonte: http://blogdojuca.uol.com.br/2012/04/o-centenario-do-santos/

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário