Cartel dos Combustíveis

Lamentável, ninguém tomar atitude de retaliação.

Abusivo é o aumento descontrolado dos combustíveis nas bombas dos postos de gasolina.

Já há quatro meses seguidos percebemos um aumento muito superior ao incide de inflação, e mais ainda, sem que o consumidor não tenha tido aumento salarial.

A Petrobrás, não aplicou nenhum aumento de preços, e é incompreensível esta elevação de preços nos últimos meses.

Fica evidente que há um “cartel”, para ser mais delicado, porque considero isso como Máfia dos combustíveis.

Além da baixa qualidade, dos aditivos acrescentados e adulterações de toda ordem, pagamos mais caro e enriquecemos os que nos enganam.

Mais impressionante ainda é o Governo, três meses após a estes abusivos aumentos, vem concluir, tardiamente que se trata de cartel. Ora e ainda o Ministro diz que vão punir severamente os infratores.

Dá vontade de ri, os políticos não conseguem nem se quer cuidar dos escândalos dentro de seus próprios gabinetes, quanto mais atender a um clamor popular.

Estes Burocratas deveriam punir, de forma a favorecer o consumidor, fazendo blitz energicamente, e contratando fiscais do povo e não os do governo ou agências reguladoras que se usam disto para benefícios próprios.

As multas aplicadas, quando isso eventualmente e muito remotamente chega a ocorrer, por causa dos fiscais corruptos são arrecadadas para o governo, o qual não reverte a nenhum benefício a nós consumidores.

Os preços têm diferenças de poucos centavos de um posto ao outro

É Máfia Carterizada seguramente.

Vamos nós, consumidores punir estes maus empresários protegidos por um governo incapaz de legislar para nós.

Vamos abastecer o mínimo necessário, pedir invariavelmente a nota fiscal e exigir o teste de combustível.

Vamos por estes mal empresários a pagar imposto, emitir a nota fiscal, quem sabe assim estes que se utilizam de combustível batizado, tenham que comprar também com nota.

De a sua opinião.

O que você acha disto tudo?

Luiz Sergio

13/05/2011

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário