21 de Setembro- Dia da Árvore

Dia da Árvore

    • A manutenção da vida na terra depende da consciência de se proteger as árvores e, conseqüentemente, a natureza num todo. É uma atitude inteligente, que há tempos é assumida por pessoas engajadas nesse sentido. Para se ter uma idéia, desde o século V, iniciativas desse tipo são tomadas, quando, na Suíça, era reservado um dia do ano para o plantio de árvores.

      Também no século passado, instituiu-se a “Festa das Árvores”, pela dedicação de um francês chamado Fourrier, cuja idéia foi largamente imitada por outras nações européias. Coincidentemente, nesse mesmo período, era comemorado, no estado de Nebraska, Estados Unidos, o “Dia da Árvore” – The Arbor Day -, em 10 de abril de 1872, dia instituído por J. Sterling Morton.

      Aqui no Brasil, os responsáveis pela primeira comemoração da “Festa das Árvores” foram João Pedro Cardoso e Alberto Leofgren. O evento se deu na cidade de Araras, em São Paulo, no dia 7 de junho de 1902, com o respaldo das Leis Municipais números 18 e 19 de 1 e 2 de fevereiro de 1902 respectivamente. O objetivo ao se promover a festa era incentivar a plantação e a conservação do meio-ambiente.

      No ano seguinte ao evento, 3 de maio de 1903 exatamente, a mesma festa foi lembrada em Itabira, São Paulo, com o desfile de crianças a conduzir flores, mudas de plantas e instrumentos agrícolas. Na ocasião, dois andores iam devidamente enfeitados, contendo uma muda de magnólia e outra de pau-brasil, ambas plantadas por Coelho Neto.

      Talvez por conta desse histórico, um decreto presidencial de número 55.795, datado a 24 de fevereiro de 1965, instituiu a Festa Anual das Árvores em todo o território nacional. Em razão das diferenças fisiográfico-climáticas brasileiras, o evento é festejado tanto na última semana do mês de março, no Norte e Nordeste, quanto na semana iniciada em 21 de setembro, nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

      De acordo com o artigo segundo do decreto, a finalidade da festa é “difundir ensinamentos sobre a conservação das florestas e estimular a prática de tais ensinamentos, bem como divulgar a importância das árvores no progresso da pátria e no bem-estar dos cidadãos”.

      fonte: http://www.ibge.gov.br

  • A massa principal da vegetação terrestre é constituída por árvores, agrupadas em sua maioria em florestas. Toda e qualquer planta viva, lenhosa e ramificada que ultrapasse os sete metros de altura pode ser considerada uma árvore. Sendo menor é um arbusto ou, caso se ramifique desde a base, um subarbusto.

    As maiores árvores chegam a 165 metros de altura (eucaliptos da Austrália). Já o diâmetro da base do tronco mede até 13 metros entre as seqüóias da Califórnia, cuja longevidade ultrapassa os 2.000 anos.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário